Início / Política / Ambiente / Barcelos adere ao Protocolo Pegada Ecológica dos Municípios Portugueses

Barcelos adere ao Protocolo Pegada Ecológica dos Municípios Portugueses

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Município de Barcelos e a Zero – Associação Sistema Terrestre Sustentável, em parceria com a Global Footprint Network e a Universidade de Aveiro, assinam, amanhã, 10 de Outubro, um acordo de colaboração que prevê, para além do cálculo da pegada ecológica, o cálculo da bio-capacidade e a introdução de uma calculadora digital para a pegada ecológica do cidadão.

Com a assinatura do “Protocolo Pegada Ecológica dos Municípios Portugueses”, a autarquia pretende, resumidamente, concretizar no território de Barcelos, a monitorização da pegada ecológica, tendo em conta os hábitos diários da população, bem assim a consciencialização dos impactos desses hábitos nos recursos naturais e, por sua vez, a adopção de medidas e comportamentos que deverão ser introduzidos no estilo de vida das pessoas, por forma a contribuírem para a melhoria do ambiente.

O protocolo é assinado amanhã às 11 horas, na Sala de Reuniões de Câmara Municipal de Barcelos.

Associação Zero

A Zero nasce, em finais de 2015, do interesse comum de cerca de uma centena de pessoas pela concretização do desenvolvimento sustentável em Portugal.

O seu ADN “comprova a ambição de intervir na sociedade portuguesa através de uma participação pró-activa na defesa dos valores da sustentabilidade, por entendermos que só através do equilíbrio entre ambiente, sociedade e economia será possível construir um mundo mais coeso, social e economicamente, em pleno respeito pelos limites naturais do planeta”, explica fonte institucional da Associação.

A intervenção da Zero assenta em “ideias sólidas e num diálogo permanente com os diferentes actores-chave para alcançar metas como: zero combustíveis fósseis; zero poluição; zero desperdício de recursos; zero destruição de ecossistemas e da biodiversidade; e zero desigualdade social e económica.

Agricultura e Mar Actual

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

UE actualiza medidas especiais de controlo da peste suína africana após novos focos na Alemanha, Eslováquia e Polónia

Partilhar              A peste suína africana continua a alastrar pela Europa. Registaram-se novos focos de peste suína …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.