Início / Agenda / “Baleia” da WWF no Oceanário até Setembro

“Baleia” da WWF no Oceanário até Setembro

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A instalação “Whale / Baleia”, um projecto da World Wildife Fund (WWF) Portugal está patente até dia 31 de agosto de 2016, no átrio do Oceanário de Lisboa e tem entrada livre. Este projecto da WWF foi criado no âmbito da campanha de conservação ‘Fish Forward – por um consumo responsável de peixe e marisco e um futuro para os oceanos’.

O objectivo é promover o consumo responsável de peixe e marisco, junto da sociedade civil, das empresas e autoridades, em Portugal e na Europa de forma a permitir a recuperação das populações de peixe, actualmente sob pressão, e promover a sustentabilidade dos oceanos, de acordo com o comunicado de imprensa da WWF.

“A WWF está empenhada em sensibilizar os portugueses para o seu poder, enquanto consumidores. A mudança do nosso comportamento e a opção por um consumo responsável de peixe e marisco assegura que poderemos continuar a comer os peixes que adoramos hoje e no futuro” diz Ângela Morgado da WWF, no site do Oceanário. “Esta colaboração com o Oceanário é estratégica para a WWF porque acreditamos que assim o nosso apelo ao consumo responsável de pescado, como forma de garantir a protecção dos ecossistemas e biodiversidade marinhos, chegará a mais pessoas e mais longe“ acrescenta.

Segundo a Directora de Educação e Comunicação do Oceanário, Patrícia Filipe, “Estabelecemos esta parceria com a WWF, uma vez que as mensagens transmitidas através deste projecto vêm reforçar a missão do Oceanário de sensibilizar para a conservação dos oceanos. Para que todos os nossos visitantes, cerca de 1 milhão por ano, possam fazer a diferença pelos oceanos, o Oceanário disponibiliza o Cartão S.O.S Oceano. Este guia de bolso facilita a escolha do consumidor indicando-lhe os peixes e mariscos que pode consumir sem comprometer o futuro dos oceanos. É um guia de fácil de consulta com inúmeras sugestões para o consumo sustentável. Conhecer e respeitar o tamanho mínimo legal ou saber a origem e a arte de pesca utilizada na captura de peixe está ao alcance de qualquer consumidor e é um importante contributo para a sustentabilidade dos oceanos. O futuro dos oceanos depende das nossas escolhas.”

Este cartão inclui indicações sobre que peixes são a melhor escolha, num consumo responsável e sem contaminação de metais pesados, por exemplo, e quais as espécies a evitar.

Para além da instalação “Whale / Baleia”, o percurso de acesso à exposição permanente do Oceanário recebe a exposição “Oceano”, sobre a grandiosidade dos ecossistemas marinhos, a importância do oceano para o equilíbrio do planeta e sobre o consumo sustentável de peixe e marisco.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Região Autónoma da Madeira tem pela primeira vez corpo de inspectores das pescas

Partilhar              O secretário Regional de Mar e Pescas, Teófilo Cunha, disse esta quarta-feira que a Região …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.