Início / Agricultura / Azinheira Milenar de Lecina é a Árvore Europeia do Ano 2021

Azinheira Milenar de Lecina é a Árvore Europeia do Ano 2021

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O anúncio do vencedor do Concurso da Árvore Europeia do Ano foi realizado online pelo segundo ano consecutivo, devido à pandemia Covid-19.

Pela primeira vez, o prestigioso título de Árvore Europeia do Ano foi ganho por uma árvore de Espanha, uma Azinheira milenar de Lecina. De notar que, tal como em 2018 com o Sobreiro Assobiador, o público europeu manifestou o seu interesse pelas espécies típicas dos sistemas agro-florestais de Montado da Península Ibérica.

Sobre esta árvore, reza a lenda que houve tempos em que as bruxas povoavam a Serra da Guará, onde dançavam e festejavam em torno da Azinheira de Lecina. Mil anos depois, esta azinheira misteriosa é consagrada a Árvore Europeia do Ano 2021.

Com um recorde histórico de 104.264 votos, a Azinheira Milenar de Lecina deixou os seus rivais bem para trás. Em 2º lugar ficou a Itália, com o Plátano de Curinga que obteve 78.210 votos. Em 3º lugar ficou o exótico candidato do Extremo Oriental europeu, Plátano Antigo, com 66.026 votos.

Plátano do Rossio

A árvore portuguesa, curiosamente também um plátano – o Plátano do Rossio, o Bem-Amado de Portalegre – ficou em 4º lugar com 37.410 votos. A UNAC – União da Floresta Mediterrânica, o organizador do concurso nacional, congratula-se com “a maior votação de sempre numa árvore portuguesa. A participação no concurso Árvore Europeia do Ano apresentou ao Mundo este nosso magnífico exemplar vivo que representa a história e o património cultural da cidade de Portalegre”.

No total, contabilizaram-se este ano, 604.544 votos, mais do dobro do ano passado.

O concurso foi organizado pela Environmental Partnership Association (EPA) e pela European Landowners’ Organization (ELO) com o apoio dos eurodeputados Ludek Niedermayer e Michal Wiezik.

No momento do anúncio do vencedor, Thierry de l’Escaille, secretário-geral da ELO frisou que “como parceiro de longa data deste concurso, é com grande satisfação que vejo este evento receber tanto reconhecimento, envolvimento e apreço por parte do público. Gostaria de felicitar Espanha pela vitória deste ano com a Azinheira Milenar de Lecina pela sua beleza e significado cultural. Os habitantes de Alto Aragón devem estar extremamente orgulhosos por esta conquista”.

A EPA, associou o evento final do concurso Árvore Europeia do Ano à conferência online “Plantando para o Futuro”, apadrinhada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros da República Checa, Tomáš Petříček, com a apresentação do Comissário Europeu do Ambiente, Oceanos e Pescas, Virginijus Sinkevičius e apoiada pela Škoda Auto e pela Nestlé.

A ordem final dos participantes, bem como o vídeo do anúncio, podem ser vistos aqui.

Resultados do Concurso Árvore Europeia do Ano 2021:

1. Azinheira Milenar de Lecina, Espanha – 104.264 votos

2. Plátano de Curinga, Itália, 78.210 – votos

3. Plátano Antigo, Federação Rússia – 66.026 votos

4. Plátano do Rossio, Portugal – 37.410 votos

5. Tília de São João Nepomuceno, Polónia – 35.422 votos

6. A Antiga Árvore-Mãe, Holanda – 34.244 votos

7. A Macieira perto de Lidman, República Checa – 32.028 votos

8. A Árvore de Judas na colina da igreja de Mélykút, Hungria – 31.867 votos

9. A Pouplie, França – 31.594 votos

10. A Residente mais antiga de Medulin, República da Croácia – 31.283 votos

11. A Árvore Sobrevivente, Reino Unido – 31.197 votos

12. O Sobrevivente de Quatro Troncos – 30.886 votos

13. Carvalho Antigo de Drnava, Eslováquia – 30.058 votos

14. A velha Amoreira, Bulgária – 30.055 votos

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Governo garante serviço do SIRESP com indemnização compensatória de 11 milhões de euros

Partilhar            O Governo aprovou a atribuição de uma indemnização compensatória de 11 milhões de euros à …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.