Início / Agricultura / Azeite biológico da Quinta dos Lagares medalhado a ouro

Azeite biológico da Quinta dos Lagares medalhado a ouro

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O azeite biológico duriense Zabodez, produzido pela Quinta dos Lagares, conquistou medalha de ouro no New York International Olive Oil Competition, o mais prestigiado concurso mundial de azeites da actualidade.

O conceituado concurso mundial de azeite acontece em Nova Iorque desde há cinco anos e envolveu, este ano, 18 especialistas respeitados no mundo do azeite, entre eles o veterano português Francisco Pavão. No total, aqueles juízes provaram, durante quatro dias, quase mil azeites de 27 países, sendo que os países com tradição no cultivo de olival, como Portugal, Espanha, Croácia, Grécia e Itália conquistaram a grande maioria de medalhas de ouro ou prata, cerca de 200 no total.

Azeite biológico

Entre os azeites premiados com ouro está o azeite biológico da Quinta dos Lagares, o Zabodez, o qual deve o nome a um antigo ribeiro que percorria a propriedade, como referido na ata de demarcação pombalina da quinta.

A produção de azeite na Quinta dos Lagares é uma tradição anterior a 1920, ano em que a família dos actuais donos comprou a propriedade a um agricultor alentejano que, além de plantar vinha, expandiu a área de olival e instalou uma azenha que esteve em funcionamento até aos anos 1940.

Nestes olivais centenários, actualmente mantidos em cultura biológica devidamente certificada, estão misturadas e distribuídas aleatoriamente as variedades Madural, Cobrançosa , Verdeal, Cordovil, Bical,e Galega, excepto no olival mais recente de um hectare, estreme de Cobrançosa, regado e em início de produção.

Processos exclusivamente mecânicos e a frio

Obtido pela utilização de processos exclusivamente mecânicos e a frio, o azeite Zabodez é classificado como virgem extra. Apresenta uma acidez muito baixa (< 0,2), um frutado verde médio e aroma com notas frescas a couve, erva, rama de tomate, maçã verde, tomate verde, casca de banana e frutos secos. Na boca, revela um amargo ligeiro e um picante forte e persistente.

No total foram produzidos mil e quinhentos litros de azeite, com um PVP de 14 euros/garrafa 0,5 l. A comercialização é feita directamente pelo produtor (geral@quintadoslagares.pt).

Quinta clássica do Douro

A Quinta dos Lagares é uma quinta clássica do Douro, com marco pombalino das demarcações de 1756. Localizada na margem esquerda do rio Pinhão, na freguesia de Vale de Mendiz, a propriedade tem uma área total de 70 hectares, dos quais 26 são de vinha, 12 de olival e o restante de mata onde predominam as espécies mediterrânicas, nomeadamente sobreiros, carrascos e medronheiros.

Com adega própria, a quinta possui um portefólio de vinhos DOC Douro com marca própria desde 2011, tintos de várias gamas, branco de uvas colhidas nas vinhas da quinta a cota superior e um rosé muito particular da casta Mourisco.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 12 a 18 Julho 2021

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas As cotações mais frequentes de novilhos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.