Início / Featured / Aveiport obtém Certificação AEO da Organização Mundial das Alfândegas

Aveiport obtém Certificação AEO da Organização Mundial das Alfândegas

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Aveiport anunciou que obteve a Certificação AEO (Autorização de Operador Económico) por parte da  Organização Mundial das Alfândegas (OMA), a qual visa aumentar a segurança da cadeia logística internacional e facilitar a circulação de cargas, simplificando todas as questões aduaneiras, resultando numa resposta mais célere para os todos os intervenientes — operador logístico, fornecedor e cliente final).

A Aveiport, pertencente ao grupo ETE, é uma das três empresas licenciadas como operador portuário no Porto de Aveiro, onde opera desde 1984.

A Administração do Porto de Aveiro felicita a Aveiport pela obtenção da Certificação AEO, que vem reforçar a competitividade e eficiência dos serviços prestados pelo porto de Aveiro.

A Aveiport tem-se “posicionado na frente das soluções logísticas integradas no Porto de Aveiro, aumentando a presença na cadeia de valor, potenciando sinergias com outras empresas do Grupo ETE, desenvolvendo soluções ajustadas e que respondam de forma eficiente às necessidades de cada cliente”, refere fonte institucional da empresa.

E acrescenta que a “resposta eficiente, faz-se também através dos procedimentos e controlos adoptados internamente, que nos dão uma credibilidade acrescida, quer nas relações que estabelecemos com os clientes e parceiros, quer no sector onde operamos, fazendo de nós uma referência no sector”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 12 a 18 Julho 2021

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas As cotações mais frequentes de novilhos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.