Início / Mar / Ambiente / Até 31 de Janeiro. Projecto Arenaria precisa de voluntários para monitorizar aves invernantes costeiras

Até 31 de Janeiro. Projecto Arenaria precisa de voluntários para monitorizar aves invernantes costeiras

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A SPEA — Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves informa que, até 31 de Janeiro de 2021, decorre novamente o Projecto Arenaria que pretende monitorizar as aves invernantes costeiras em Portugal.

“Para conseguirmos abranger todas as ilhas e a maior parte da costa possível, precisamos da sua ajuda. Interessado? Contacte a coordenadora do censo nos Açores: alba.villarroya@spea.pt e escolha um troço de costa perto de si”, referem os responsáveis pela SPEA.

O Projecto Arenaria iniciou-se em 2009/10, através de uma parceria entre o ISPA — Instituto Universitário, o Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa e a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA), altura em que foi feito o 1.º Censo Nacional de Aves Costeiras Invernantes em Portugal (ver Historial).

Na primeira época de campo, a prioridade do projecto foi a obtenção de uma estimativa da distribuição e abundância das aves costeiras invernantes, através de uma cobertura da costa marítima tão ampla quanto possível.

A informação recolhida nesta primeira fase constitui uma base de referência para a interpretação futura da evolução das populações de aves costeiras invernantes na costa continental portuguesa, tendo sido ainda recolhida informação relevante para os Açores e a Madeira.

Tornou-se depois essencial monitorizar estas populações ao longo do tempo. Nesse sentido, de modo a contribuir para o conhecimento das tendências das populações das aves costeiras a médio/longo prazo, durante o 5 anos seguintes, foi recolhida informação, através que um esquema de monitorização regular baseado num conjunto de quadrículas pré-seleccionadas com base nos resultados do primeiro ano de trabalho de campo.

Nos Invernos de 2015/2016, 2016/2017, completou-se o 2º Censo Nacional de Aves Costeiras Invernantes.

Na época de 2017/2018, retomou-se a monitorização regular de um conjunto de quadrículas amostrais, objectivo que se mantém para a época de 2020/2021.

Objectivos

Para a época de 2020/21, o Projecto Arenaria tem como principais objectivos:

  • Assegurar a contagem das quadrículas de monitorização anual que permitem uma análise mais fina das tendências populacionais das aves estudadas.
  • Sensibilizar o público em geral para a conservação dos ecossistemas marinhos e costeiros e para a biodiversidade a eles associada.

Coordenação

A coordenação e a gestão do Projecto Arenaria serão uma vez mais asseguradas pela Equipa Coordenadora (ECO) que conta com representantes de cada um dos parceiros (ISPA – Instituto Universitário, Universidade de Lisboa e SPEA). Além desta equipa, o projecto contará ainda com organizadores regionais (OR) e observadores de campo voluntários, essenciais para a continuação do mesmo.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Volume de capturas de pescado em Portugal aumenta 48,4% em Agosto de 2021

Partilhar               O volume de capturas de pescado em Portugal, em Agosto de 2021, aumentou 48,4% …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.