Início / Agricultura / Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima vence prémio Missão Continente

Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima vence prémio Missão Continente

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A ARDAL – Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima venceu prémio nacional da Missão Continente. Esta iniciativa teve como objectivo identificar, seleccionar e apoiar projectos de âmbito local ou nacional, relacionados com a alimentação, nas áreas da alimentação saudável, desperdício alimentar ou inclusão social.

A ARDAL concorreu na categoria de Alimentação Saudável, com o projecto “Sabores do Parque”, que está a ser desenvolvido no Centro de Promoção e Valorização dos Produtos Locais, localizado na Porta do Mezio, explica fonte da autarquia de Arcos de Valdevez.

Este projecto pretende incrementar um modelo de comércio justo ao nível local capaz de garantir sustentabilidade económica aos pequenos produtores em actividade no Parque Nacional da Peneda-Gerês, salvaguardar a agro-biodiversidade e promover hábitos de consumo saudáveis junto da comunidade.

Banco Português de Germoplasma

Para isso, recorre ao Banco Português de Germoplasma como fornecedor de material genético certificado aos pequenos agricultores aderentes. Estes multiplicam esse material genético produzindo produtos autóctones ou variedades regionais de elevada qualidade que sustentam a cadeia curta de comércio de frescos, as pequenas indústrias transformadoras e ainda contribuem para a manutenção das cadeias tróficas no ecossistema.

O modelo aproveita do elevado fluxo de turistas, das actividades de educação ambiental promovidas naquela área protegida junto da comunidade escolar e das estruturas existentes para promoção dos produtos locais.

Este projecto revela-se de capital importância para a manutenção da pequena agricultura familiar naquele espaço geográfico cuja sustentabilidade económica, social e ambiental depende de um modelo disruptivo que promova o consumo de produtos locais e a remuneração justa dos produtores.

Votação pública

Os projectos foram avaliados através de uma votação pública e por um júri constituído pelas seguintes entidades: Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, Movimento Zero Desperdício, GRACE, Direção Geral de Saúde, Escola Nacional de Saúde Pública, Universidade Nova de Lisboa, Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar e do Continente.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

PSD pede à ministra da Agricultura que esclareça atribuição de terrenos agrícolas em Idanha-a-Nova

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata (PSD) quer saber o que se passou com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.