Início / Agricultura / Associação para o Desenvolvimento do Ribatejo Interior apela ao consumo de produtos locais no Natal

Associação para o Desenvolvimento do Ribatejo Interior apela ao consumo de produtos locais no Natal

A Tagus — Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior e os produtores da Região lançam um desafio às comunidades de Abrantes, Constância e Sardoal para a época natalícia que se avizinha: o consumo de produtos locais para contribuir para a economia regional, através de dez sugestões de cabazes.

A Associação preparou propostas a partir dos 20 euros com o que de melhor a região produz. Vinhos, azeites, queijos, enchidos, compotas, mel, doces, marmeladas, licores, bolachas e cervejas artesanais são as apostas reforçadas pelo apelo, neste ano particularmente difícil devido à pandemia, para a escolha da população passar pelos produtos agroalimentares locais para as suas ofertas de Natal, de modo a contribuir para o escoamento das produções da região.

Cabazes entre 20 e 40 euros

Este ano, os cabazes de produtos locais apresentam preços entre os 20 e os 40 euros, havendo apenas uma sugestão um pouco mais dispendiosa. Os preços destes artigos, que têm conquistado prémios em concursos nacionais e internacionais, são os mesmos praticados pelos produtores aos consumidores finais, realça uma nota de imprensa da Tagus.

Há, também, a possibilidade dos clientes comporem os seus próprios cabazes, seleccionando os vinhos, azeites, enchidos, doçaria, queijo e cervejas ao seu gosto e à medida da sua carteira.

O catálogo de cabazes de produtos locais pode ser consultado aqui, onde encontrará as 10 sugestões já com a embalagem pronta para a oferta contemplada.

As encomendas devem ser feitas pelos contactos da Tagus, através do telefone 241 106 000 ou pelo email tagus@tagus-ri.pt, ou então, ir directamente ao espaço Cá da Terra, em Sardoal, de terça-feira a sábado das 10 às 18 horas, ou ao Welcome Center – Turismo de Abrantes, todos os dias das 10 às 19 horas.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

ASAE apreende 9 toneladas de carne imprópria para consumo em entreposto ilegal no distrito de Évora

Partilhar              A ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e Económica procedeu ao desmantelamento e suspensão total …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.