Início / Agricultura / Associação de Agricultores de Castelo Branco será a “primeira a congratular-se” quando regadio a Sul da Gardunha “for uma realidade”

Associação de Agricultores de Castelo Branco será a “primeira a congratular-se” quando regadio a Sul da Gardunha “for uma realidade”

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Associação Distrital dos Agricultores de Castelo Branco (ADACB) “será a primeira a congratular-se” quando o regadio a Sul da Gardunha “for uma realidade e beneficiar os agricultores desta região”. A direcção da Associação diz que “fica na expectativa de que este importante projecto passe das palavras”.

A ADACB, dirigida por Aníbal Cabral reage assim à última nota de imprensa do Ministério da Agricultura, afirmando que “constatou e denunciou o facto do Programa Nacional de Regadios, aprovado na última reunião do Conselho de Ministros, não ter contemplada qualquer verba para o regadio a Sul da Gardunha”.

“A esta fundamentada denúncia responde o Ministério da Agricultura afirmando que ‘o estudo prévio do projecto do regadio a Sul da Gardunha está em fase de análise pela Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural e que estão garantidos 280 milhões de euros de investimento em novos regadios, cujos concursos serão abertos brevemente’, dando ainda a entender que o regadio a Sul da Gardunha poderá ser contemplado e financiado a 100% a fundo perdido”, explica uma nota de imprensa da Associação.

Ver também:

Ministério da Agricultura: estudo prévio do projecto do regadio a Sul da Gardunha está em fase de análise

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Museu Virtual da Memória Marítima de Viana do Castelo inaugurado no navio Gil Eannes

Partilhar            O Museu Virtual da Memória Marítima de Viana do Castelo foi inaugurado na ré do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.