Início / Agricultura / ASAE detém suspeito de abate clandestino de faisões em estabelecimento de restauração

ASAE detém suspeito de abate clandestino de faisões em estabelecimento de restauração

A ASAE  — Autoridade de Segurança Alimentar e Económica procedeu ao desmantelamento de um local de restauração onde se procedia “de forma ilícita, camuflada e sem condições técnico-funcionais ao abate e a todo o tratamento para o consumo público” de aves galiformes Phasianidae vulgo faisões.

A acção surgiu na sequência de uma operação de fiscalização e no âmbito do combate aos ilícitos criminais contra a saúde pública, através da Unidade Regional do Sul – Unidade Operacional XI/Évora, no Distrito de Beja, refere a ASAE em comunicado.

Na sequência da intervenção ao local, verificou-se a falta de licenciamento e de condições de higiene adequadas para o abate de animais e o desrespeito pelo bem-estar animal, tendo-se apurado ainda que os animais não eram sujeitos à inspecção sanitária obrigatória para despiste de doenças.

Como resultado da acção “procedeu-se à instauração de um processo-crime pela prática do crime contra a saúde pública de abate clandestino, com apreensão de 12 faisões, com um peso total de 37 Kg no valor de 400,00€, e detenção de um indivíduo”, acrescenta o mesmo comunicado.

A ASAE “manterá particular atenção ao fenómeno, procurando reprimir práticas susceptíveis de colocar em causa a saúde dos consumidores e continuará a desenvolver acções de fiscalização em prol da sã e leal concorrência entre operadores económicos, bem como da defesa e da segurança dos consumidores”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Bolsa do Porco – Semana 32/2022 – 2,347€ (Subida de 0,020€)

Partilhar              Análise da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores Mercado europeu A Alemanha ia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.