Início / Featured / ASAE apreende 700 kg de moluscos bivalves vivos em Murtosa

ASAE apreende 700 kg de moluscos bivalves vivos em Murtosa

A ASAE — Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, através da Unidade Regional do Centro – Unidade Operacional de Coimbra, realizou uma acção de fiscalização direccionada a centros de depuração e depósitos de moluscos bivalves vivos (MBV), no concelho de Murtosa.

Durante a acção, foi verificado que um dos operadores económicos se encontrava a receber MBV para posterior encaminhamento para o circuito comercial, sem que os mesmos fossem acompanhados de documentação de registo, indicando a data de apanha, a identidade do produtor/apanhador, a localização da zona de produção, a indicação das espécies de molusco e a sua quantidade.

Como balanço desta acção, foram apreendidos 700 Kg de moluscos bivalves vivos (ameijoa japonesa e berbigão), num valor aproximado de 4.681 euros, tendo sido verificada como principal infracção a falta de rastreabilidade do produto não permitindo identificar o local de origem da apanha do produto bem como a data da mesma, refere a ASAE em comunicado de imprensa.

Após a realização de exame macroscópico dos moluscos bivalves vivos, estes foram considerados alimentos não seguros para o consumidor pelo que se procedeu ao seu encaminhamento para destruição numa Unidade de Transformação de Subprodutos.

A ASAE garante que “continuará a desenvolver acções de fiscalização, no âmbito das suas competências, em todo o território nacional, em prol de uma sã e leal concorrência entre operadores económicos, na salvaguarda da segurança alimentar e saúde pública dos consumidores”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

ADVID promove workshop sobre racionalização da vinha de encosta. Participação gratuita

Partilhar              A ADVID — Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense/CoLAB Vines&Wines promove o workshop “Racionalização …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.