Início / Agricultura / Arruda dos Vinhos tem Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas em consulta pública

Arruda dos Vinhos tem Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas em consulta pública

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos aprovou, na reunião realizada no dia 26 de Julho, o Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas que entra agora em fase de consulta pública por um período de 30 dias, seguindo para aprovação da Assembleia Municipal no início de Setembro.

O Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas do município de Arruda dos Vinhos, em conformidade com a Estratégia Nacional de Adaptação às Alterações Climáticas (ENAAC, 2020) e o Plano de Adaptação às Alterações Climáticas do Oeste, pretende, essencialmente, sistematizar o conhecimento climático, definir e indicar opções de adaptação a nível municipal, bem como informar e mobilizar a comunidade municipal.

Visa reduzir a vulnerabilidade climática no município e promover a adaptação, através de um conjunto de medidas e acções identificadas para diferentes sectores prioritários, refere fonte institucional da autarquia.

A elaboração deste plano resulta de um protocolo que o Município estabeleceu em Janeiro de 2020 com a Nova IMS (Nova lnformation Management School da Universidade Nova de Lisboa), instituição de ensino superior líder na área da gestão da informação; da aplicação de inquérito à população distribuído em Fevereiro e Outubro de 2020 através de encarte junto com a factura da água e da realização da Convenção Arruda2030 que se realizou, em formato online, em Novembro de 2020.

Projectos e acções desenvolvidas

Segundo a autarquia, este Plano surge na sequência de múltiplas iniciativas, projectos e acções locais desenvolvidas, ao longo dos últimos anos, pela Câmara Municipal e entidades parceiras. Desses projectos, a autarquia destaca o ArrudaLab, Programa Eco-escolas, a revisão do PDM, o Plano Municipal para a redução de perdas de água, o investimento na rede de saneamento básico, a instalação de carregadores eléctricos e a substituição da frota de viaturas municipais por veículos eléctricos, substituição de aplicação de produtos fitofarmacêuticos nos locais públicos adoptando o recurso à monda térmica, o estudo do mapeamento dos serviços dos ecossistemas e do projecto Interreg MED PrioriEE+.

No âmbito do período de consulta pública que agora se inicia serão consultadas a APA — Agência Portuguesa do Ambiente; DRAP LVT — Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo; ICNF — Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas; CCDR-LVT- Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo; CCDRC – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro; Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza e ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável.

Pode consultar o Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas – Arruda dos Vinhos aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Associação Empresarial da Região do Algarve está a recrutar formadores na área da Gestão Ambiental

Partilhar              O NERA — Associação Empresarial da Região do Algarve encontra-se a recrutar formadores na área …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.