Início / Empresas / Arruda dos Vinhos declara a situação de alerta. Alojamentos locais e unidades hoteleiras fechados

Arruda dos Vinhos declara a situação de alerta. Alojamentos locais e unidades hoteleiras fechados

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente da Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos, André Rijo, declarou a situação de alerta para o período compreendido entre as 00h00 do dia 16 de Março de 2020 e até às 23h59 do dia 13 de Abril de 2020, para todo o território do Município. Tudo para conter o contágio por Covid-19.

Assim, determina o “encerramento dos ginásios, alojamentos locais e unidades hoteleiras” de decreta, para as médias superfícies comerciais, (Intermarché, Lidl, Pingo Doce e Continente) a “abertura faseada aos clientes com controlo de entradas e saídas, não se permitindo permanência simultânea de mais de 30 clientes no interior e cumprir as regras de distanciamento social determinadas pelas autoridades de saúde”.

Mercados de rua e queimadas suspensas

Estão ainda suspensas todas as feiras e mercados de rua assim como a realização de de queimas e queimadas.

A autarquia recomenda ainda, aos estabelecimentos de comércio e serviços, o encerramento voluntário como medida preventiva de protecção dos seus trabalhadores e do público em geral, exceptuando-se comércio de bens alimentares, farmácias e postos de abastecimento de combustível.

E determina a redução, a um terço da lotação, dos seguintes estabelecimentos de restauração e bebidas: cafés, cervejarias, restaurantes, snack-bares, bares e pastelarias e e encerramento das respectivas esplanadas, se aplicável.

No entanto, o autarca apela “ao normal funcionamento de padarias e outras unidades de panificação, bem como de todo o tecido produtivo alimentar”.

Arruda dos Vinhos ainda sem infectados

A decisão do autarca surge numa altura em que não existem ainda casos confirmados de Covid-19 no concelho, mas André Rijo considera que “devemos preparar-nos para essa situação a breve prazo”, explicando que a declaração de alerta prende-se com a evolução da situação de pandemia causada pela doença Covid-19 e a respectiva evolução epidemiológica em Portugal, que “segundo as autoridades de saúde nacionais, ontem em comunicado, entra agora “numa fase de crescimento exponencial da epidemia”, requerendo assim a mobilização, o empenho e a responsabilidade de todos os cidadãos”.

Além daquelas medidas, o município vai manter as decisões anteriores de encerramento de instalações municipais, e serviços de atendimento ao público já comunicadas, assim como cancelamento de eventos de natureza social, cultural, recreativo e desportivo, promovidos pelo município e outras entidades.

Produtos de protecção individual

Com a declaração da situação de alerta, o presidente da Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos pretende, no entanto, “garantir, por parte das grandes e médias superfícies comerciais, um stock de produtos de higiene, alimentares, e protecção individual (máscaras, luvas, e gel desinfectante) constituído por 10% do volume médio armazenado” e garantir, por parte das farmácias, “um stock mínimo de 10% de produtos de protecção individual (máscaras, luvas, e gel desinfectante) e medicamentos de venda livre, nomeadamente analgésicos e anti-piréticos.

Por outro lado, todas as actividades públicas ou privadas de cariz lúdico, desportivo, recreativo ou cultural devem ser suspensas.

Pode ver todas as medidas aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Governo dos Açores reabre candidaturas ao POSEI e PRORURAL+ por via electrónica

Partilhar            A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, através da Direcção Regional do Desenvolvimento Rural dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.