Início / Agricultura / AreanaTejo conclui auditorias energéticas a 10 PME no âmbito da Medida GEE PME

AreanaTejo conclui auditorias energéticas a 10 PME no âmbito da Medida GEE PME

A Medida Gestão de Energia Eléctrica em PME, aprovada no âmbito do Plano de Promoção de Eficiência Energética 2013-2014, da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), é coordenada pela ENA – Agência de Energia e Ambiente da Arrábida e tem como entidades associadas a Your Savings Lda, a AreanaTejo – Agência Regional de Energia e Ambiente do Norte Alentejano e Tejo, a S.Energia – Agência Regional de Energia para os concelhos do Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete e a AEdoAVE – Agência de Energia do Ave.

A Medida visa melhorar a capacidade e autonomia das PME no aumento da eficiência do consumo de energia eléctrica e a competitividade e sustentabilidade ambiental das suas actividades através da introdução de práticas de gestão energética preconizadas pela EN ISO 50001.

No seu âmbito, foram levadas a cabo pela AreanaTejo 10 auditorias energéticas a PME sediadas nos distritos de Portalegre e Évora e pertencentes aos seguintes sectores de actividade: actividades hoteleiras, agro-alimentar, vinícola, operadores de gestão de resíduos e serviços e comércio.

Após a auditoria energética às referidas empresas, com o objectivo de identificar e eliminar consumos eléctricos potencialmente desnecessários e, por conseguinte, reduzir os custos com energia, destacam-se, de uma forma geral, as seguintes medidas de melhoria propostas:
– Substituição dos sistemas de iluminação;
– Melhoria dos sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado;
– Detecção de fugas em sistemas de ar comprimido;
– Instalação de e-cubes nos sistemas de refrigeração e/ou congelação;
– Anulação dos consumos em stand-by;
– Instalação de temporizadores (relógios).

Medidas de melhoria

“Não obstante, e embora não permitam uma diminuição dos consumos de energia eléctrica foram ainda analisadas as seguintes medidas de melhoria: instalação de bateria de condensadores para compensação do factor de potência, alteração do fornecedor de energia eléctrica e instalação de sistemas solares fotovoltaicos”, diz fonte da AreanaTejo.

Adicionalmente, foi ainda sugerida a definição e implementação de uma estratégia de gestão de energia (preferencialmente suportada pela ISO 50001) que eleve os patamares de eficiência energética das instalações.

No que diz respeito aos próximos passos no âmbito da Medida Gestão de Energia Eléctrica em PME, serão desenvolvidos vários conteúdos formativos e ferramentas de gestão de energia para dotar as empresas de competências ao nível da gestão sistemática de energia eléctrica (Manual de Gestão de Energia a ser facultado às PME participantes, realização de workshops nas áreas de actuação das Agências envolvidas e definição do protocolo de Medição & Verificação para as auditorias energéticas.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

CAP analisa evolução do sector agrícola na última década em webinar gratuito

Partilhar              A CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal realiza no próximo dia 27 de Maio, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.