Início / Agricultura / Área semeada de milho nos Açores aumenta 672 hectares diminuindo dependência na alimentação animal

Área semeada de milho nos Açores aumenta 672 hectares diminuindo dependência na alimentação animal

A área semeada de milho nos Açores em 2022 aumentou em 672 hectares, em comparação com 2019, o que, para o secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, António Ventura, torna “mais sustentáveis” as produções agroalimentares açorianas e reduz a dependência de importação.

“Começamos a ter bons resultados da política implementada para a alimentação animal nos Açores, com mais produção de milho local para silagem e com mais pastagens consociadas entre gramíneas e leguminosas. Desde 2021 que existe um programa de melhoramento de pastagens apoiado em 50% na compra de sementes de leguminosas e, em 2022, apoiamos em 80% a compra de sementes de milho”, lembra o governante.

Em articulação com a Federação Agrícola dos Açores estas opções políticas “permitem uma estratégia alimentar para a pecuária” que conferem uma posição de destaque dos Açores “nas preocupações da sustentabilidade na produção de agroalimentos”, assegurando aos consumidores “produtos naturais e de perspetiva geracional”, garante António Ventura.

“É de reconhecer o trabalho dos produtores para se atingir estes bons resultados. A eles se deve a adesão aos programas e o esforço próprio de trabalho. É de salientar ainda, que este apoio se enquadra na prossecução dos objectivos estabelecidos pela Secretaria Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural para a promoção da auto-suficiência alimentar animal, através da redução do uso de pesticidas, fertilizantes e agentes antimicrobianos bem como na promoção da diversidade biológica dos recursos genéticos vegetais e animais, na conservação do solo e da água, na redução das emissões de gases com efeito de estufa e no aumento da fixação de carbono”, acrescenta António Ventura.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Estação Biológica de Mértola tem vaga para Bolsa de Investigação para Doutoramento

Partilhar              A Câmara Municipal de Mértola informa que a EBM — Associação Estação Biológica de Mértola …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.