Início / Agricultura / Área semeada de milho mantém-se apesar dos atrasos

Área semeada de milho mantém-se apesar dos atrasos

A generalidade das sementeiras das culturas de Primavera/Verão tem decorrido com interrupções, essencialmente devido à precipitação de Abril e início de Maio que dificultou a entrada das máquinas nos terrenos, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE), no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Junho de 2020.

Relativamente ao milho de regadio, e excepção feita a algumas zonas no litoral Norte e Centro, as áreas destinadas a esta cultura foram semeadas até ao final de Maio. Os técnicos do INE estimam a manutenção das áreas instaladas face à campanha anterior (76 mil hectares de milho de regadio e 7 mil de milho de sequeiro).

Problemas de germinação nas áreas semeadas mais cedo

De referir que as áreas semeadas de milho mais cedo tiveram alguns problemas de germinação e paragens de desenvolvimento devido ao excesso de água dos terrenos, situação entretanto ultrapassada.

No final de Maio, o desenvolvimento vegetativo do milho era normal, encontrando-se entre as fases V2 (2 folhas) e V4 (4 folhas), acrescenta o Instituto Nacional de Estatística.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Bolsa do Porco – Semana 32/2022 – 2,347€ (Subida de 0,020€)

Partilhar              Análise da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores Mercado europeu A Alemanha ia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.