Início / Agricultura / Área semeada de arroz reduzida em 10% devido a obras de reabilitação do aproveitamento hidroagrícola do Vale do Sado

Área semeada de arroz reduzida em 10% devido a obras de reabilitação do aproveitamento hidroagrícola do Vale do Sado

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As obras de reabilitação do aproveitamento hidroagrícola do Vale do Sado levaram a uma redução de 10% na área semeada de arroz, diz o Instituto Nacional de Estatística (INE), no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Junho de 2020.

“Também no arroz se verificaram atrasos nas sementeiras, em resultado das chuvas de Abril, e que conduziram a cenários diversos nas principais regiões produtoras: no Baixo Mondego, até ao final de Maio foi possível recuperar desse atraso, sendo que os canteiros já se encontram todos semeados; no Ribatejo, ainda faltava semear cerca de 50% da área total prevista (semelhante à campanha anterior); já no Alentejo, o principal constrangimento foram as obras de reabilitação do aproveitamento hidroagrícola do Vale do Sado (previsivelmente apenas durante esta campanha), que interromperam o fornecimento de água a cerca de 3 mil hectares de canteiros de arroz”, refere o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Junho de 2020.

Registo mais baixo dos últimos doze anos

Assim, os técnicos do Instituto Nacional de Estatística estimam que a área de arroz diminua para os 26 mil hectares (-10%, face a 2019, e -12%, face à média do último quinquénio), o registo mais baixo dos últimos doze anos.

O INE acrescenta que a generalidade das sementeiras das culturas de Primavera/Verão tem decorrido com interrupções, essencialmente devido à precipitação de Abril e início de Maio que dificultou a entrada das máquinas nos terrenos.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 29 Junho a 5 Julho 2020

Partilhar            Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas Aves Na semana em análise, as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.