Início / Agricultura / Área de milho mantém-se nos 83 mil hectares em Junho de 2020

Área de milho mantém-se nos 83 mil hectares em Junho de 2020

Após os meses de Abril e Maio, onde a precipitação conduziu a diversas interrupções nos trabalhos de instalação das culturas de Primavera/Verão, foi possível concluir no início de Junho as sementeiras e plantações planeadas e as que se encontravam atrasadas, principalmente no litoral Norte e Centro.

Segundo o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Julho de 2020, do Instituto Nacional de Estatística (INE). relativamente ao milho, não se prevêem alterações das áreas instaladas, face à campanha anterior (76 mil hectares de milho de regadio e 7 mil de milho de sequeiro).

Excesso de chuva num mês que acabou por ser muito seco

Os técnicos do INE destacam as dificuldades iniciais de desenvolvimento das searas, principalmente as semeadas mais cedo, bastante afectadas pelo excesso de precipitação. Isto apesar de o mês de Junho se ter caracterizado, em termos meteorológicos, como muito seco.

De facto, a precipitação média de 8,6 mm correspondeu a cerca de ¼ do valor normal (1971-2000) da precipitação em Junho (32,2 mm), situação que tem sido frequente neste século: nos últimos vinte anos, quinze tiveram um Junho com precipitação inferior à normal. Em relação à temperatura, o mês foi normal, com um valor médio (19,4º C) igual à média 1971-2000.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Cotação do trigo mole panificável importado chega aos 486 euros por tonelada

Partilhar              A invasão da Ucrânia por parte da Rússia continua a agravar a escalada de preços …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.