Início / Featured / APDL promove simulacro de colisão entre barco Rabelo e Navio-Hotel no Douro

APDL promove simulacro de colisão entre barco Rabelo e Navio-Hotel no Douro

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) vai realizar o simulacro de uma colisão entre uma embarcação Rabelo e um Navio-Hotel. O exercício vai decorrer no próximo dia 9 de Dezembro, pelas 9h30, no estuário do Rio Douro entre Cais de Gaia e Cais da Ribeira.

A iniciativa, designada “Exercício BACO 2019”, tem como objectivos treinar e agilizar a articulação operacional entre as várias Entidades e Agentes de Protecção Civil no âmbito da activação do Plano de Segurança e Emergência da Via Navegável do Douro e a sua articulação com o Plano de Salvamento Marítimo da Capitania do Porto do Douro.

Plano de Segurança e Emergência

O Plano de Segurança e Emergência, inserido no Projecto Douro’s Inland Waterway 2020, constituiu um instrumento de resposta adequada a situações de emergência que possam afectar a segurança de navegação no Douro.

O rebocador multifunções, “Cachão da Valeira” é um dos activos a testar no exercício, foi adquirido no passado mês de Setembro, é de construção nacional e mereceu um investimento de 2,75 milhões de euros.

Recorde-se que o Douro’s Inland Waterway 2020 é um projecto que conta com o apoio financeiro do programa CEF-Transport (Connecting Europe Facility for Transport) visando melhorar as condições de navegabilidade no Rio Douro e colocando esta via fluvial em patamares de qualidade e segurança exigidos a nível europeu e internacional.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Bluegrowth cria linha de apoio para relançamento da Economia do Mar pós Covid-19

Partilhar            A Bluegrowth, consultora de inovação tecnológica para os assuntos do mar, lançou uma linha de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.