Início / Featured / APDL promove curso de combate a incêndios portuários

APDL promove curso de combate a incêndios portuários

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) promoveu uma acção de formação para as corporações de bombeiros de Leça da Palmeira e de Leixões com o intuito de tornar mais eficiente o combate a incêndios na instalação portuária. A acção decorre no Centro Jovellanos, em Gijon, Espanha.

Estas corporações são responsáveis pelo combate aos incêndios no Porto de Leixões, pelo que a APDL considera fundamental a aproximação destas equipas à realidade do porto e aos riscos associados à diversidade das cargas aqui movimentadas, como a estilha, os hidrocarbonetos e as sucatas.

80% dos acidentes devem-se a factor humano

“Reconhecemos que 80% dos acidentes se devem ao factor humano e, com estas acções de formação, pretendemos criar respostas mais eficientes, para um transporte marítimo mais seguro e mais sustentável.”, afirma a APDL.

No âmbito das acções de concretização da sua política de responsabilidade social e reconhecendo que as corporações dificilmente conseguem libertar recursos económicos e financeiros para realizarem este tipo de formações especializadas, a APDL promove esta formação, que decorre no Centro Jovellanos, em Gijon.

Esta formação integra o projecto PICASSO (Preventing incidents and accidents by safer ships in the oceans), que, financiado pelo programa Horizonte 2020, visa a segurança das operações marítimas, promovendo a melhoria da cooperação entre os intervenientes em terra e a bordo dos navios.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

PME austríaca procura fornecedores de couve-flor e brócolos ultracongelados

Partilhar            Uma pequena e média empresa (PME) austríaca, que produz e comercializa vegetais orgânicos, frescos e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.