Início / Featured / Ana Paula Vitorino: “Rio Douro é um dos cursos fluviais mais emblemáticos da Europa”

Ana Paula Vitorino: “Rio Douro é um dos cursos fluviais mais emblemáticos da Europa”

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino presidiu esta sexta-feira, 25 de Maio, à sessão de abertura da Conferência “Douro: Um Canal para o Território”, uma iniciativa que foi promovida pela Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), num debate e interacção com os vários agentes económicos sobre o desenvolvimento sustentável da região do Douro.

“O Rio Douro é um dos cursos fluviais mais emblemáticos da Europa”, admitiu a ministra do Mar na sessão, acrescentando que “a Via Navegável do Douro constitui um potencial único de interligação do Atlântico com o interior do País, bem como com Espanha, incrementando a interacção entre o litoral e o interior, muito contribuindo para o desenvolvimento sustentável desta região”.

Promoção no estrangeiro

Por outro lado, Ana Paula Vitorino salientou que tem aproveitado as deslocações ao estrangeiro “para promover a Via Navegável do Douro”, nomeadamente na recente deslocação à Polónia onde apresentou o projecto “Douro’s Inland Waterway 2020”, na Conferência Internacional de Navegabilidade Interior/Fluvial.

Após a abertura da Conferência, a ministra do Mar inaugurou a reabilitação do Cais da Régua, a beneficiação de uma infraestrutura que teve como objectivo melhorar a acessibilidade e fruição local, bem como os níveis de segurança e conforto, no embarque e desembarque de passageiros.

Centro do Controlo da Via Navegável do Douro

Mais tarde, decorreu a cerimónia de inauguração do Centro do Controlo da Via Navegável do Douro, no edifício da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo. E, logo de seguida, foi apresentado o plano de Gestão de Segurança e Emergência no rio Douro, integrado no “RIS – River Information Service”.

O novo Centro de Controlo da Via Navegável do Douro e o plano de Gestão de Segurança e Emergência do rio Douro fazem parte da segunda fase de execução do “Douro’s Inland Waterway 2020”, que teve início em 2016 e que inclui dois grandes projectos: o “Safer and Sustainable Accessibility” (SSA) e o “River Information Services” (RIS).

O SSA envolve um investimento de 10,089 milhões de euros, com uma taxa de financiamento comunitário de 85%. Este projeto pretende melhorar as condições de segurança no estuário do rio Douro.

River Information Services

Já o RIS teve um investimento de 2,733 milhões de euros, com uma taxa de financiamento comunitário de 85%. Este projecto, também em curso, tem como objectivo a implementação do RIS na navegação, designadamente através da aquisição e desenvolvimento do hardware e software necessários à implementação de um sistema de comunicação em pleno funcionamento nos 208 km do canal de navegação.

Recorde-se que, com um com um orçamento global de 76 milhões de euros, o projecto “Douro’s Inland Waterway 2020” pretende melhorar as condições de segurança e os sistemas de comunicação e de informação ao longo de toda a Via Navegável, corrigir os constrangimentos no canal e nas eclusas de navegação, e criar condições para que mais empresas possam usar o Douro como meio de transporte.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

PAN defende apoio excepcional a particulares e autarquias para limpeza das florestas

Partilhar            O PAN – Pessoas-Animais-Natureza avançou com a apresentação de um projecto de Lei que visa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.