Início / Featured / Ana Paula Vitorino inaugura infra-estruturas no Portinho de Angeiras

Ana Paula Vitorino inaugura infra-estruturas no Portinho de Angeiras

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, inaugurou em 25 de Novembro o posto de controlo e transferência de pescado da Docapesca e o canal e rampa de acesso à zona piscatória do portinho de Angeiras, Matosinhos, um investimento que rondou os 400 mil euros com o objectivo de melhorar a segurança e as condições de trabalho dos pescadores locais.

Estas duas infra-estruturas foram anunciadas pela ministra do Mar numa visita ao local no passado mês de Maio, a par do investimento de 3,73 milhões de euros na construção de um molhe de abrigo cujo concurso será lançado brevemente, na sequência da emissão do Título Único Ambiental/Declaração de Impacte Ambiental, que ocorreu em 17 de Novembro.

Estas inaugurações inseriram-se num vasto conjunto de iniciativas da ministra do Mar desencadeadas em vários pontos do País e que concretizam medidas visando o cumprimento da “Estratégia do Governo para o Mar”, no âmbito das comemorações do segundo aniversário do XXI Governo de Portugal.

A cerimónia no portinho de Angeiras contou também com a presença do secretário de Estado das Pescas, José Apolinário, e da presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro.

Posto de controlo de pescado da Docapesca reabilitado

O edifício do posto de controlo e transferência de pescado da Docapesca foi totalmente reabilitado, compreendendo o reforço estrutural, substituição da cobertura, requalificação dos vãos das fachadas, novos revestimentos interiores e redes de águas, esgotos, de energia e de comunicações.

A intervenção neste edifício abrangeu também a instalação de equipamentos de higienização, de produção e armazenamento de gelo e de acondicionamento e pesagem do pescado.

As obras do canal e da rampa de acesso à zona piscatória visaram a melhoria das condições de trabalho e a segurança dos pescadores e embarcações. Foi criado um canal paralelo ao enfiamento do varadouro, o que implicou o quebramento de picos rochosos e a dragagem de fundos (quase 5.000 metros cúbicos de areias) à cota de -1m (ZH) e com uma largura aproximada de 50 metros.

Estes investimentos foram financiados pelo Programa Operacional Mar 2020.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

ASAE apreende mais de 4 toneladas de polvo em entreposto frigorífico em Coimbra

Partilhar              A ASAE — Autoridade de Segurança Alimentar e Económica apreendeu mais de 4 toneladas de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.