Início / Empresas / Aluno do ISEL vence primeira edição do Prémio Nova Geração|15

Aluno do ISEL vence primeira edição do Prémio Nova Geração|15

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O primeiro lugar do Prémio Nova Geração|15, lançado no âmbito do protocolo Engineering Made in Portugal que a Siemens assinou com o Governo Português, foi atribuído ao projecto de um aluno do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL). Rui Matias desenvolveu um sistema de monitorização via Internet de processos industriais controlados com autómatos programáveis (LabAPI) que impressionou o júri da competição, composto por elementos da Siemens, Ordem dos Engenheiros, CIP, COTEC e CADFLOW.

O aluno, orientado pelo Professor Mário Mendes, teve a ideia de criar este laboratório remoto com o objectivo de dar apoio às aulas das Unidades Curriculares de Programação de Autómatos e Automação de Processos Industriais leccionadas no ISEL.

Por ter sido o grande vencedor desta iniciativa, Rui Matias vai fazer um estágio com a duração de seis meses na Siemens – um dos quais passado na Alemanha, no centro de Investigação & Desenvolvimento da empresa. Já o professor que acompanhou o projecto será recompensado com uma viagem à Alemanha para visitar a maior feira de indústria e engenharia do mundo, que arranca dia 25 de Abril em Hannover, na Alemanha.

Adicionalmente, a escola com mais trabalhos entregues, o Instituto Politécnico de Leiria, vai receber kits de automação da Siemens, para que as suas salas técnicas estejam munidas de equipamentos modernos que permitam a melhoria dos métodos de ensino.

Modernizar a indústria nacional

Lançado no âmbito do protocolo Engineering Made in Portugal, assinado pela Siemens e pelo Estado Português, o Prémio Nova Geração|15, propôs aos jovens alunos portugueses do ensino técnico-profissional e superior o desafio de criarem projectos inovadores com o objectivo de também eles contribuírem para a tão necessária modernização da indústria nacional.

Esta iniciativa visava ainda desafiar os jovens a desenvolver projectos e a aproximar-se do mundo empresarial, tornando, por inerência mais apelativas as opções de carreira na área das engenharias, contribuindo para uma maior empregabilidade.

O júri do concurso teve em consideração o carácter inovador das propostas entregues assim como os benefícios das mesmas para a indústria, quer a nível financeiro quer ao nível da eficiência energética.

As 29 pré-inscrições e 18 registos finais superaram as expectativas iniciais com uma taxa de conversão a rondar os 60%, o que indica que muitos dos alunos e professores aceitaram o desafio de tornar este projecto um trabalho de curso e uma mais-valia para a valorização quer dos alunos quer das instituições universitárias a que pertencem. Face ao sucesso desta iniciativa, a Nova edição do Prémio Nova Geração, relacionada com Digitalização e Indústria 4.0, será lançada brevemente.

Menções Honrosas

Apesar de só poder haver um vencedor, a Siemens optou por reconhecer com menções honrosas três outros projectos de assinalável relevância e inovação levados a júri.

Fabrício Souza e Hermínio Borges, alunos da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria, logram o reconhecimento pelo seu esforço em desenvolver a automatização de dois sistemas de recolha, pesagem e separação automática de pontas resultantes do corte dos excedentes de matéria-prima (Projeto RPSP – Recolha, Pesagem e Separação de Pontas em Aço).

Também Rafael Trocas e Tiago Durães, estudantes da Escola Gustavo Eiffel, são dignos de referência do grupo de jurados pela criação de um sistema de supervisão que permite o accionamento à distância de sistemas eléctricos genéricos (Projecto Pneduíno) e Marco Tomé e João Ferreira, alunos do Instituto Superior de Engenharia de Coimbra, pela sua proposta Recicápsula, que consiste no desenvolvimento de um sistema automatizado de descapsulagem mecânica dos dois componentes de uma rolha de cortiça capsulada.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

PSD pede à ministra da Agricultura que esclareça atribuição de terrenos agrícolas em Idanha-a-Nova

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata (PSD) quer saber o que se passou com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.