Início / Agricultura / Alteração de candidaturas aos apoios VITIS 2015/2016 disponíveis no IFAP

Alteração de candidaturas aos apoios VITIS 2015/2016 disponíveis no IFAP

O portal do IFAP – Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas tem já disponível a funcionalidade para registo dos pedidos de alteração das candidaturas seleccionadas (aprovadas) da campanha de 2015/2016, podendo os beneficiários e entidades protocoladas proceder ao seu registo em O Meu Processo > Candidaturas > Regime de Apoio à Restruturação e Reconversão das Vinhas (VITIS)/Campanha 2015/2016 , à semelhança do que foi implementado para o registo das candidaturas.

Para registo dos pedidos de alteração as candidaturas têm que estar no estado “seleccionada”, sendo necessário criar uma nova versão da candidatura, com acesso através do botão “substituir”.

Assim, na sequência da realização dos investimentos ou da apresentação/submissão da declaração de plantação no SIVV, caso verifiquem que existem alterações relativamente ao que se encontra aprovado na candidatura VITIS 2015/2016, devem formalizar um pedido de alteração à candidatura, sendo que este deverá ser submetido antes da apresentação do pedido de pagamento, não podendo ser considerados aumentos de área nem montantes de ajuda aprovados.

O IFAP alerta ainda, que o registo do pedido de pagamento só poderá ser efectuado depois do pedido de alteração se encontrar no estado “selecionada”.

De forma a que não seja colocado em causa o cumprimento do prazo definido para a apresentação dos pedidos de pagamento/libertação de garantias e tendo em consideração o modelo de gestão de candidaturas implementado (registos on-line), foram fixadas datas limite para formalização dos pedidos de alteração, sendo para isso necessário ter em atenção a calendarização abaixo referida.

IFAP VITIS

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Bolsa do Porco – Semana 32/2022 – 2,347€ (Subida de 0,020€)

Partilhar              Análise da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores Mercado europeu A Alemanha ia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.