Início / Agricultura / Alltech inaugura laboratório que analisa digestibilidade das rações dos bovinos

Alltech inaugura laboratório que analisa digestibilidade das rações dos bovinos

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Alltech, empresa global especializada em nutrição animal, acaba de inaugurar o seu primeiro laboratório especializado em fermentação in vitro – Alltech IFM – na Europa, em parceria com a Universidade Harper Adams, no Reino Unido. Esta nova unidade científica simula a fermentação que ocorre no rúmen dos bovinos, avaliando a digestibilidade das rações e forragens.

Os produtores de gado e os fabricantes de rações podem recorrer ao Laboratório Alltech IFM para optimizar a formulação das rações, com base na disponibilidade de nutrientes, o que permitirá reduzir perdas de energia e desperdício de rações.

O Laboratório Alltech IFM, localizado na Universidade Harper Adams no Reino Unido, ajudará a desenvolver rações de elevada digestibilidade para bovinos e outros ruminantes, reduzindo o desperdício e mitigando o impacto ambiental (emissões de metano) das explorações pecuárias

As amostras de ração (concentrados, forragens frescas, silagens ou rações mistas) são incubadas com líquido ruminal durante 48 horas e, em seguida, analisadas quanto ao seu teor em ácidos gordos voláteis (AGV) e biomassa microbiana. O Alltech IFM mede a produção de gases durante todo o processo, permitindo calcular a quantidade de energia perdida, ou seja, as emissões de metano geradas por cada animal.

Validado pelo Carbon Trust

Validado pelo Carbon Trust, o Alltech IFM é uma ferramenta eficaz para prever as emissões de metano geradas nas explorações pecuárias. Este é o sétimo laboratório do género que a Alltech inaugura a nível mundial.

“O lançamento do nosso laboratório Alltech IFM na Europa é um avanço significativo, pois agora temos a capacidade de analisar rações na Europa e dar mais apoio técnico aos nossos clientes”, afirma Matthew Smith, vice-presidente da Alltech.

“Em parceria com a Universidade Harper Adams vamos gerar novos conhecimentos sobre a correlação entre a dieta dos ruminantes e a produção de leite e de carne de bovino na Europa. Acreditamos que o Alltech IFM pode contribuir para ajudar a resolver as enormes preocupações ambientais e a reduzir o desperdício nas explorações pecuárias, contribuindo para um Planeta de Abundância (Planet of Plenty)”, acrescentou Matthew Smith.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Fungicida Ortiva e herbicida Rifit da Syngenta obtêm autorização excepcional de emergência

Partilhar            A DGAV — Direcção Geral de Alimentação e Veterinária concedeu uma Autorização Excepcional de Emergência …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.