Início / Agricultura / Algarve 2020: Aprovados 1.488 projectos com investimento elegível de 558 M€ até 31 de Maio

Algarve 2020: Aprovados 1.488 projectos com investimento elegível de 558 M€ até 31 de Maio

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Até 31 de Maio de 2021 foram aprovados 1.488 projectos no Programa Operacional Algarve 2020, com um investimento elegível de 558 milhões de euros, a que correspondeu um financiamento comunitário de 314 milhões de euros. A execução totaliza 234 milhões de euros e os pagamentos efectuados ascendem a 158 milhões, refere o relatório mensal da CCDR Algarve — Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve.

Destaca-se o Eixo 2 — Apoiar a internacionalização, a competitividade empresarial e o empreendedorismo qualificado — com 601 projectos aprovados, 336 milhões de euros de custo total e 91 milhões de euros de fundo. Da execução dos Sistemas de Incentivos (SI), realce para a tipologia SI Qualificação e Internacionalização de PME com 470 projectos aprovados e 22 milhões de euros de fundo.

Por concelho, o peso de Faro é justificado por sediar os organismos da administração pública e a Universidade, respectivamente com 28 e 44 projectos, e com 25,7 milhões de euros e 19,7 milhões de euros de fundo aprovado.

Nos instrumentos territoriais evidenciam-se os Planos de Acção para a Regeneração Urbana (PARU) que apresentam uma taxa de compromisso de 95% e uma taxa de execução de 32,8%.

Alimentos à base de alfarroba

Um dos projectos apoiados e destacados pela CCDR Algarve é o Carob World Tentações do Mediterrâneo, que visou a criação uma unidade industrial agroalimentar para a produção de produtos inovadores e benéficos para a saúde, com base na alfarroba, que devido às suas propriedades organoléticas e nutricionais, é um alimento funcional rico em fósforo, cálcio e magnésio, valorizando assim um recurso endógeno da região do Algarve.

Com este projecto, aprovado no Eixo 2, a Carob World Portugal, trabalhando em cooperação com a Universidade do Algarve, produz tabletes de alfarroba com recurso à tecnologia mais avançada existente no mercado, com a utilização de sistemas de informação avançados, permitindo a mínima intervenção humana, evitando falhas e adaptando a produção com custos reduzidos em desperdícios.

O projecto foi apoiado com 343.877,44 euros do FEDER — Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

GreenCoLAB

Outro dos projectos destacados, apoiado no  Eixo 5 – Investir no emprego, é o “GreenCoLAB – Laboratório colaborativo para o desenvolvimento de tecnologias e produtos verdes do oceano”, promovido pela Associação Oceano Verde, que consiste na contratação de treze recursos humanos altamente qualificados, dos quais três doutorados, para implementação de uma Agenda de Investigação e Inovação (I&I).

Pretende ser um catalisador para a sustentabilidade e competitividade, reunindo os interesses da comunidade científica e da indústria, impulsionando a inovação e a diversificação económica no campo da biotecnologia de algas marinhas.

A Agenda de I&I do GreenCoLAB alicerça-se em duas fases: desenvolvimento de recursos biológicos e caracterização de biomassa e processamento a jusante, bem como o desenvolvimento de novos produtos e mercados. Estas actividades assentam numa abordagem bottom-up, valorizando os recursos e acelerando o desenvolvimento industrial e do mercado em áreas consideradas prioritárias no sector.

Este projecto teve um apoio de 858.013,55 euros do Fundo Social Europeu.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Fundão lança concurso para criação da identidade gráfica do Centro de AgroTech. Candidaturas até 23 de Agosto de 2021

Partilhar              A Câmara Municipal do Fundão lançou um concurso de ideias para a concepção da identidade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.