Início / Agricultura / Alentejo já começou as vindimas e espera um aumento de 5% na produção

Alentejo já começou as vindimas e espera um aumento de 5% na produção

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) acaba de anunciar o início das vindimas na região, que se estima que, ao contrário da tendência nacional, possa produzir mais 5% do que o ano anterior.

Dos mais de 250 produtores do Alentejo, 46 já arrancaram com as vindimas e perspectiva-se que, até ao final do mês de Setembro, os cerca de 22.900 hectares de vinha da região estejam todos vindimados. Também as condições climatéricas dos últimos meses ditam a qualidade da colheita e da respectiva uva.

“São óptimas notícias para a região, representando inclusive um alento para os produtores que, com as exportações a adivinharem uma ligeira quebra e com as dificuldades demonstradas no canal horeca nacional, têm passado por um período mais conturbado”, salienta Francisco Mateus, presidente da CVRA.

Plano de Contingência

Para prevenção e contenção da Covid-19, os produtores elaboraram e accionaram um Plano de Contingência reforçando a higienização dos espaços nas adegas e da utilização de máscaras na apanha da uva.

Recorde-se que, em 2019, a Região Vitivinícola Alentejana produziu 98,3 milhões de litros de vinho.

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) foi criada em 1989 e é responsável pela protecção e defesa da DOC Alentejo e da Indicação Geográfica Alentejano, certificação e controlo da origem e qualidade, promoção e fomento da sustentabilidade.

O Alentejo é líder nacional em vinhos certificados, com cerca de 40% de valor total das vendas num universo de 14 regiões vitivinícolas em Portugal. Com uma área de vinha de 22,9 mil de hectares, 30% da sua produção tem como destino a exportação para cinco destinos principais, designadamente Brasil, Angola, EUA, Polónia e China.

Uma das duas únicas regiões do Mundo que produz Vinho de Talha há mais de dois mil anos, o Alentejo é ainda detentor de uma iniciativa pioneira, o “Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo”, que tem como objectivo melhorar as práticas utilizadas nas vinhas e adegas, produzindo uvas e vinho de qualidade e economicamente viáveis.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Sines recebe exercício de combate à poluição Atlantic Polex.PT 2021 a 27 e 28 de Outubro

Partilhar               A Direcção de Combate à Poluição do Mar da Autoridade Marítima Nacional organiza, nos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.