Início / Agricultura / Alemanha confirma Peste Suína Africana em porcos domésticos na fronteira com França

Alemanha confirma Peste Suína Africana em porcos domésticos na fronteira com França

O Ministério Federal da Alimentação e Agricultura (BMEL) da Alemanha confirma que a Peste Suína Africana (PSA) foi identificada pela primeira vez numa população de porcos domésticos em Baden-Württemberg, na fronteira com França.

O laboratório nacional de referência alemão, Friedrich-Loeffler-Institut (FLI), já fez saber que vai investigar a via de entrada da doença patógeno naquele local.

A exploração mantinha 35 animais criados ao ar livre e está localizada no distrito de Emmendingen. Todos os animais “foram abatidos imediatamente e devidamente eliminados, as autoridades locais responsáveis ​​tomaram as medidas de protecção adequadas e, entre outras coisas, definiram uma zona de protecção e uma zona de vigilância à volta da exploração”, refere uma nota de imprensa do Ministério Federal da Alimentação e Agricultura alemão.

As medidas de biossegurança nas explorações pecuárias “são um factor importante na protecção das populações de suínos à entrada do patógeno da Peste Suína Africana”, refere a mesma nota.

A peste suína africana é uma infecção viral grave que afecta apenas suínos, selvagens e domésticos, e geralmente é fatal para os animais.

O primeiro caso de Peste Suína Africana na Alemanha foi confirmado num javali em 10 de Setembro de 2020. Desde então, ocorreram vários casos em Brandemburgo (suínos selvagens e domésticos) e na Saxónia
(suínos selvagens) e em 2021 também em Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental (suínos selvagens e domésticos).

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Porto recebe Congresso da Federação Europeia de Ciência Animal

Partilhar              O 73º Congresso da Federação Europeia de Ciência Animal (EAAP) realiza-se de 5 a 9 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.