Início / Apoios e Oportunidades / Aicep publica documento sobre estabelecimento de empresas na Guiné Equatorial

Aicep publica documento sobre estabelecimento de empresas na Guiné Equatorial

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Aicep – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal tem um novo documento disponível. trata-se do “Guiné Equatorial – Estabelecimento de Empresas” (Março 2017), que disponibiliza informação sobre o quadro legal de diversas áreas relevantes para o investimento estrangeiro, procurando facilitar a tomada de decisão por parte dos potenciais investidores portugueses.

Todo o enquadramento legal da Guiné Equatorial é adaptado às directivas da Comunidade Económica e Monetária da África Central (CEMAC), da qual é Estado-membro.

Em termos de condições legais de acesso ao mercado, a Guiné Equatorial possui um regime de investimento estrangeiro que sujeita os projectos a certas formalidades (autorização ministerial), existindo alguns sectores de actividade vedados ao capital externo.

Medidas de simplificação

Relativamente ao ambiente de negócios e de acordo com o Relatório Doing Business in Equatorial Guinea 2017, a abertura de uma empresa de responsabilidade limitada implica a realização de vários procedimentos, contudo, o Governo da Guiné Equatorial tem vindo a adoptar medidas que visam melhorar/simplificar o processo de constituição/registo de sociedades como, por exemplo, a Lei n.º 2/2015, de 28 de maio, que cria uma one-stop-shop (cuja implementação está para breve) e um decreto em 17 de Agosto de 2016, que elimina as autorizações governamentais exigidas para a constituição de sociedades.

No que concerne à presença portuguesa esta é ainda residual, sendo que incide, predominantemente, no sector de construção e obras públicas.

Pode consultar o documento aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Bolsa do Porco – Semana 41/2021 – Descida de 0,030€

Partilhar              Análise da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores Mercado europeu A cotação dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.