Início / Agenda / Aicep organiza Em Foco França – Vinhos a 30 de Janeiro em Lisboa

Aicep organiza Em Foco França – Vinhos a 30 de Janeiro em Lisboa

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Aicep — Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal vai realizar uma sessão “Em Foco França – Vinhos”, no dia 30 de Janeiro, entre as 9 e as 12 horas, nas suas instalações, em Lisboa.

Gabrielle Vizzavona, conferencista, docente universitária (HEC, ESSEC, ESCE, INSEEC) e jornalista da área dos vinhos, com crónicas regulares nas várias publicações no grupo de comunicação social francês Le Figaro (Le Figaro Magazine, le F du Figaro, cadernos especiais do Le Figaro e também na web TV do mesmo grupo de media), é a especialista convidada pela Aicep para esta sessão.

Mercado de vinhos em França

Nesta sessão, a Agência procura dar a conhecer o contexto actual e as características do mercado de vinhos em França, principais actores na importação e distribuição, novas tendências de mercado, canais de comunicação e de marketing do produto, constrangimentos e dificuldades à entrada e oportunidades existentes para as empresas portuguesas.

Porquê a França e o sector dos vinhos?

Acrescenta a Aicep que, sendo a 7.ª maior economia mundial e a 3.ª da União Europeia, a economia francesa deverá crescer cerca de 1,5% ao ano durante o período 2018-2021 e o poder de compra dos franceses deverá aumentar consecutivamente até 2021 atingindo um valor superior em 7% ao valor registado em 2017.

No sector dos vinhos, o mercado francês é um mercado muito concorrencial dominado pela oferta local. Em 2017, foram vendidos, em supermercados e hipermercados (que representam mais de 80% do total das vendas deste sector), 9,4 milhões de hectolitros de vinhos correspondendo a 4,2 mil milhões de euros (-1,3% em volume e mais 0,9% em valor face a 2016).

O mercado francês é um mercado muito procurado pela oferta externa, incluindo a portuguesa, mas também é um mercado muito concorrencial. No entanto, este oferece boas oportunidades de negócio para as empresas portuguesas na maioria dos sectores de actividade, e nomeadamente para as empresas nacionais na área dos vinhos.

1.º mercado para os vinhos portugueses

No período de Janeiro a Novembro de 2018, a França foi o 1.º mercado para os vinhos portugueses com um valor total de exportações de aproximadamente 105 milhões de euros correspondendo a 14% do total de exportações de vinho português e a um crescimento de 3,4% face a igual período de 2017 (INE, 2018).

O mercado francês está, no entanto, a passar por profundas transformações. Têm-se observado uma nova tendência de consumo em França impulsionada por um novo perfil de consumidores que compram vinhos a preços mais elevados, favorecem a qualidade em detrimento da quantidade e caracterizam-se por efectuarem pesquisas aprofundadas, antes da compra, e privilegiarem o serviço, a proximidade e as novidades do mercado, incluindo as relacionadas com vinhos estrangeiros.

Canal online a crescer

O canal online assume importante e crescente relevância na venda de vinho em França com a existência de quase 400 websites franceses especializados na venda de vinho.

Em 2017, as vendas online de vinho em França cresceram 10% atingindo os 1,5 mil milhões de euros (2018, Xerfi). Tido como o segmento de mercado com comportamento mais dinâmico em 2018, o consumo de vinho com certificação biológica tem crescido consecutivamente nos últimos anos.

Em 2017, as vendas de vinho biológico aumentaram 21% face a 2016 e 167% face a 2011 (2018, Agence française pour le développement et la promotion de l’agriculture biologique).

Programa aqui. Inscrições aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Ministra da Agricultura inaugura reabilitação do Aproveitamento Hidroagrícola da Camba

Partilhar              A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, e o secretário de Estado da Agricultura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.