Início / Agricultura / Aicep: Espanha é “mercado promissor para os vinhos portugueses”

Aicep: Espanha é “mercado promissor para os vinhos portugueses”

A Aicep – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal considera que Espanha é um “mercado promissor para os vinhos portugueses”. A conclusão é retirada do novo estudo sectorial da Agência, “Vinho em Espanha”.

No entanto, refere que “a presença física da empresa no mercado é essencial para a entrada, desenvolvimento, ou consolidação do negócio em Espanha”, adiantando que se devem “identificar nichos de mercado como oportunidade de negócio: apostar em produtos com maior valor acrescentado, destinados essencialmente aos segmentos médio e alto”, contribuindo para uma imagem do vinho português de qualidade tais como: vinhos ecológicos, considerando a tendência crescente da procura por bebidas e alimentos ecológicos, sustentáveis, e benéficos para a saúde e bem-estar, sobretudo por parte do público jovem”.

Outra das apostas passa pelos vinhos rosé, “com um peso expressivo sobretudo nas categorias premium, apresentando um crescimento médio assinalável, quer em volume, quer em vendas (28% do total de vinho vendido nos últimos cinco anos, representando uma quota de mercado de 2%)”, assim como pelos vinhos espumantes, “cada vez mais consumidos em ocasiões em que, habitualmente, o vinho branco era a preferência (…) é de salientar o aumento do consumo de vinho espumante em cerca de 25%, em 2022, segundo dados da FEV (Federación Española del Vino)”.

A dimensão do território espanhol “proporciona condições únicas e diversificadas de clima, solo e topografia para o desenvolvimento de 941.086 hectares de vinha”. O estudo sectorial da Aicep mapeia as oportunidades para as empresas portuguesas no crescente mercado vinícola espanhol.

O volume de vinho produzido em Espanha situou-se à volta dos 36 milhões de hectolitros, em 2022. As importações de vinho em Espanha têm exibido uma tendência de crescimento consistente no período de 2018 a 2022, registando uma média anual de crescimento de 6%, acrescenta uma nota da Aicep.

Vinhos portugueses com quota de 6,7%

E adianta que Espanha foi o 25º importador mundial de vinho, em 2022, com um total de importações de 293 milhões de USD, de acordo com o Comtrade. No mesmo ano, a quota dos vinhos portugueses no mercado rondou os 6,7%. “A expansão do consumo local e o interesse crescente pelo vinho, mostram que existe espaço a explorar por parte dos produtores portugueses”, garante a Aicep.

Neste quadro, o estudo sectorial “Vinho em Espanha” pretende “dar um enquadramento e caracterização do sector, mapeando as principais oportunidades para as empresas portuguesas que pretendam expandir os seus negócios para Espanha.

Pode consultar o estudo sectorial “Vinho em Espanha” aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Mercadona baixa preços ao consumidor. Pão, massa e azeite incluídos

Partilhar              A Mercadona, empresa de supermercados de origem espanhola, realizou uma nova redução de preços no …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.