Início / Empresas / Associativismo / AHRESP defende prorrogação das moratórias bancárias até 30 de Junho de 2022

AHRESP defende prorrogação das moratórias bancárias até 30 de Junho de 2022

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A AHRESP — Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal defende a prorrogação das moratórias bancárias até 30 de Junho de 2022, apoiando assim a recuperação das empresas.

“A actual situação pandémica está a perdurar muito para além do que alguma vez seria expectável, tendo levado já a um segundo confinamento geral e encerramento legal das nossas actividades económicas. Estas circunstâncias obrigam à adopção de medidas excepcionais, para que o tecido empresarial tenha condições de garantir a sustentabilidade dos negócios e a manutenção dos postos de trabalho”, dizem aqueles empresários.

Lay-off simplificado

Entretanto, a Associação solicitou novos esclarecimentos junto do Ministério do Trabalho sobre o acesso ao regime de lay-off simplificado, desta feita sobre a possibilidade de inclusão neste regime de trabalhadores que, por um lado, não se encontram fisicamente afectos a unidades e estabelecimentos encerrados mas cujo trabalho depende exclusivamente dessas mesmas unidades e, por outro, de trabalhadores de empresas, que embora não tenham sido obrigadas ao encerramento, se encontram afectos a unidades total ou parcialmente encerradas.

Resposta económica e social para o Algarve

Por outro lado, a AHRESP informa que. como sempre defendeu, acaba de ser publicada resolução da Assembleia da República a recomendar ao Governo a criação de um programa de resposta económica e social para o Algarve.

Entre as várias medidas, destacam-se a redução temporária da taxa de IRC, a flexibilização do pagamento das obrigações fiscais e contributivas entre Março de 2020 e Março de 2021, a criação de um regime transitório de isenção/redução de taxas municipais, o aumento da percentagem de garantia pública nas linhas de crédito para as empresas do sector do turismo e restauração e a projecção de uma forte campanha de promoção turística dirigida ao mercado nacional e internacional.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Agricultores do distrito de Leira marcam manif em Lisboa para 14 de Junho, dia de reunião de ministros da Agricultura da UE

Partilhar            A União dos Agricultores do Distrito de Leira (UADL) e a Confederação Nacional da Agricultura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.