Início / Empresas / Ahresp alerta: pagamentos da medida Apoiar Rendas com “atrasos significativos”

Ahresp alerta: pagamentos da medida Apoiar Rendas com “atrasos significativos”

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A AHRESP — Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal alerta que os pagamentos da medida Apoiar Rendas “foram alvo de atrasos significativos, devido a dificuldades na confirmação, por parte da AT [Autoridade Tributária], da informação relativa aos contratos de arrendamento”.

Após “vários alertas” por parte da AHRESP relativamente a estes atrasos, “incompreensíveis em pleno período de confinamento, a mais recente alteração ao regulamento inclui o pagamento automático de 75% do valor do apoio, que será processado assim que a diminuição da facturação declarada seja confirmada pela AT. Os restantes 25% serão processados com a confirmação pela AT relativamente aos contratos de arrendamento”.

Esta situação aplica-se às candidaturas com contratos de arrendamento para fins não habitacionais. No caso das candidaturas que incluam apenas contratos de exploração ou cedência de imóvel para fins comerciais, é processado um pagamento no montante total do financiamento aprovado, explica a Associação.

Inquérito AHRESP

Por outro lado, a AHRESP, no seu Boletim Diário, de informação, relembra que, na sequência dos inquéritos mensais, encontra-se a decorrer novo processo de inquirição relativo ao mês de Março para actualizar o ponto de situação das actividades do Alojamento Turístico e da Restauração e Similares.

“Relembramos que a participação é da maior relevância para que possamos dispor de informação detalhada sobre as preocupações actuais, por forma a podermos actuar junto do Governo, através da defesa de medidas que ajudem a ultrapassar esta fase tão difícil”, diz a direcção da Associação.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

UE aprova regime português de 150 M€ para apoiar empresas dos Açores afectadas pela pandemia

Partilhar            A Comissão Europeia aprovou, ao abrigo das regras da União Europeia em matéria de auxílios …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.