Início / Agricultura / Agronegócio dos Açores recebeu mais de 4 milhões de euros do Prorural+ em 2018

Agronegócio dos Açores recebeu mais de 4 milhões de euros do Prorural+ em 2018

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O director Regional do Desenvolvimento Rural adiantou que já foram pagos este ano, no âmbito do PRORURAL+, mais de quatro milhões de euros aos agricultores, à agro-indústria e aos projectos Leader, contribuindo para melhorar a liquidez e a viabilidade dos investimentos no sector agrícola nos Açores.

“Relativamente aos pagamentos efectuados este ano (Janeiro e Fevereiro) no âmbito do PRORURAL+, já foram pagos, no total, 4,25 milhões de euros, dos quais 640 mil euros são do orçamento regional”, afirmou Fernando Sousa.

Modernização das explorações agrícolas

O director Regional acrescentou que, se forem considerados apenas os pagamentos referentes a candidaturas no âmbito da sub-medida 4.1, dedicada à modernização das explorações agrícolas, já foi pago um milhão e 198 mil euros, correspondentes aos primeiros dois meses de 2018.

Fernando Sousa salientou que estes pagamentos são “muito importantes” para o sector, desde logo porque permitem ressarcir os agricultores dos investimentos feitos e, desta forma, tornar as explorações “cada vez mais viáveis”.

Investimento na agro-indústria

Além dos agricultores, o director Regional do Desenvolvimento Rural adiantou que também foram pagos projectos de investimento da agro-indústria, permitindo assim a sua modernização e inovação, bem como projectos no âmbito do Leader, algo importante para todo o meio rural dos Açores.

“Trata-se de projectos (no âmbito do Leader) quer de inovação, quer de apoio colectivo e associativo, nomeadamente Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), que permitem criar alguma economia nesses meios rurais e postos de trabalho”, salientou Fernando Sousa.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Confagri preocupada com falta de mão-de-obra na agricultura. Pede ao Governo contratação de desempregados

Partilhar            A Confagri — Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas está preocupada com a falta de mão-de-obra …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.