Início / Agenda / AgroGlobal. Joaquim Pedro Torres: É fácil criticar, principalmente de “barriga cheia”

AgroGlobal. Joaquim Pedro Torres: É fácil criticar, principalmente de “barriga cheia”

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigo de opinião de Joaquim Pedro Torres, produtor de milho e impulsionador da AgroGlobal

A relação agricultura/ambiente é hoje minuciosamente escrutinada pela opinião pública. Esta “febre” é tanto mais estranha quanto o facto de pouco se falar noutros sectores, outras actividades e outras práticas com uma contribuição muito negativa no que a tal diz respeito e com menos importância para a nossa vida.

Quando se desmontam os argumentos mais vulgarizados, o que não é difícil, ouve-se dizer, até de dentro do sector, que os agricultores não sabem comunicar essa realidade.

Os agricultores têm de produzir bem, ser cada vez mais eficientes na utilização dos recursos, até porque essa é uma exigência de mercados competitivos. Não lhes cabe o ónus da prova da eficiência ambiental.

Quem o põe em causa deve obrigar-se, no mínimo, a estar informado e ser responsável e não “cavalgar” modas demagógicas que “passam” numa sociedade afastada do mundo rural.

É fácil criticar, principalmente de “barriga cheia”.

Mas atenção aos “advogados” da “agro-ecologia pesada”. O correspondente redesenho, mais ou menos radical, dos sistemas agrícolas não parece fácil de conciliar com a necessidade de alimentarmos os 9 biliões de pessoas que seremos em 2050. A urbanização e os rendimentos per capita continuarão a crescer e, assim sendo, também as exigências alimentares.

Para dar resposta a estas necessidades devemos aumentar a capacidade de produzir alimentos em 70% (FAO) neste período.

Serão os avanços da ciência e da tecnologia que nos permitirão vencer este desafio. Para isso trabalham, entre outras, as mais de 400 empresas que estarão na AgroGlobal 2020.

PS: A 7.ª edição da AgroGlobal – Feira das Grandes Culturas realiza-se de 9 a 11 de Setembro de 2020, em Valada do Ribatejo. As inscrições para expositores já estão abertas, aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Docapesca prossegue requalificação dos equipamentos dos Estaleiros Navais da Azurara

Partilhar            A Docapesca – Portos e Lotas prossegue os trabalhos de reabilitação dos equipamentos dos Estaleiros …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.