Início / Agenda / Agrofórum é “um showroom de oportunidades no agro-negócio do espaço lusófono”

Agrofórum é “um showroom de oportunidades no agro-negócio do espaço lusófono”

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

“O Agrofórum Países CPLP 2016 será um verdadeiro showroom para as oportunidades do agro-negócio no espaço lusófono”, afirma Jorge Correia Santos, presidente da CAL – Câmara Agrícola Lusófona, que organiza o maior evento do sector agro-alimentar da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) alguma vez realizado em Portugal.

O Agrofórum reúne na próxima sexta-feira, 28 de Outubro, na FIL – Feira Internacional de Lisboa, 937 empresários – sendo que mais de 300 virão de África – e onde estarão presentes mais de 23 países, como Senegal, Namíbia, Nigéria, Gabão, China, EUA, Emirados Árabes, Mali, Costa do Marfim, Alemanha, Áustria, Itália, França.

O evento será um espaço privilegiado para discussão de problemas concretos e propostas de como captar mais investimento e financiar os bons projectos na CPLP, ouvindo os principais líderes empresariais, que estão a fazer a mudança no sector. Entre os convidados destaque-se o vice-presidente do BAD, Kapil Kapoor, e alta delegada da FAO Ana Saez, que falarão do papel e da importância do sector privado no desenvolvimento da CPLP. Estarão também presentes o ministro da Agricultura Capoulas Santos, e o secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos.

Um espaço de negócio

O Agrofórum dá a conhecer, a empresários, delegados e diplomatas de diversos países da CLPL – Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor –, empresas e empresários portugueses, para inaugurar um espaço de discussão e networking que contribua para mais investimento e parcerias neste sector, pelo espaço da CPLP.

“O agronegócio na CPLP tem agora milhões para o sector privado como nunca teve e um grande potencial de crescimento que não pode ser ignorado», destaca Jorge Santos.

O evento procura motivar os empresários a investir mais no sector agro-alimentar, quer seja na produção, comercialização ou agro-indústria, “uma vez que os empresários portugueses ainda desconhecem as verdadeiras oportunidades no espaço da CPLP”, diz ainda o responsável, realçando que “a UE disponibiliza 3,6 mil milhões de fundos para o sector privado investir e se financiar em África, o que nunca aconteceu antes”.

O programa do Agrofórum Países CPLP 2016 pode ser consultado aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Novo Banco lança nova campanha a enaltecer capacidade produtiva do País

Partilhar            O Novo Banco acaba de lançar uma campanha que reforça que “agora, mais do que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.