Início / Agricultura / Agricultores já podem reportar prejuízos resultantes do incêndio que deflagrou no Sotavento Algarvio

Agricultores já podem reportar prejuízos resultantes do incêndio que deflagrou no Sotavento Algarvio

O Ministério da Agricultura anunciou que os agricultores já podem reportar os prejuízos, resultantes do incêndio que deflagrou nos concelhos de Castro Marim, Tavira e Vila Real de Santo António, nas instalações ou no site da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAP Algarve).

Segundo uma nota de imprensa do Ministério da Agricultura, aquele organismo contactou os autarcas daqueles concelhos para lhes dar conhecimento desta medida, tendo também sugerido reunir com as populações afectadas, assim que haja condições de segurança, no sentido de lhes explicar a que apoios se podem candidatar e como o podem fazer.

O Ministério da Agricultura está a acompanhar a situação através da DRAP Algarve, que fará o levantamento dos prejuízos causados nas explorações agrícolas.

O incêndio, que deflagrou na madrugada de segunda-feira, em Castro Marim, e que progrediu de forma fulminante para os concelhos de Tavira e Vila Real de Santo António, já consumiu mais de nove mil hectares num perímetro de 43 quilómetros. O potencial deste incêndio é de 20 mil hectares.

Mais de 600 operacionais e 200 veículos, apoiados por oito meios aéreos, estiveram envolvidos no combate às chamas.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 more

Verifique também

Seafood Expo Global junta mais de 2.000 empresas expositoras de frutos do mar em Barcelona

Partilhar             more  ​​A Seafood Expo Global/Seafood Processing Global, a maior feira de frutos do mar do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.