Início / Agenda / Agricultores do Distrito de Leira: não podemos “mais suportar os custos elevados dos factores de produção”

Agricultores do Distrito de Leira: não podemos “mais suportar os custos elevados dos factores de produção”

A UADL — União dos Agricultores do Distrito de Leiria diz que os “agricultores não podem mais suportar os custos elevados dos factores de produção”. Por isso, com o apoio da CNA — Confederação Nacional da Agricultura (CNA), promove uma conferência de imprensa na próxima sexta-feira, dia 14 de Maio, a partir das 11 horas, frente à Câmara Municipal de Pombal.

A União dos Agricultores do Distrito de Leiria pretende com esta conferência de imprensa “denunciar os cada vez mais elevados custos dos factores de produção que estão a dificultar a vida aos agricultores”.

Diz a União que “a par com as dificuldades de escoamento e com os preços cada vez mais baixos na produção, esta situação está a obrigar muitos agricultores a abandonar a actividade e, por isso, são necessárias medidas urgentes”.

Estarão nesta conferência de imprensa o dirigente da UADL António Ferraria e o dirigente da CNA Pedro Santos.

Índice de preços dos meios de produção na agricultura

Segundo o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Abril de 2021, do Instituto Nacional de Estatística (INE), o Índice de preços dos meios de produção na agriculturaem Dezembro de 2020 registou um decréscimo de 0,3% no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente causado, principalmente, pelas diminuições dos índices de preços da energia e lubrificantes (-8,8%) e dos adubos e correctivos (-4,6%), uma vez que os alimentos para animais e as despesas veterinárias registaram aumentos (1,1% e 2,3%, respectivamente).

Em comparação com o mês anterior verificou-se um acréscimo de 0,4% no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente, tendo a energia e lubrificantes registado a variação mais significativa (+2,5%).

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Azeites da Cooperativa de Moura conquistam número recorde de prémios nacionais e internacionais

Partilhar              Os azeites da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos já conquistaram este ano 23 medalhas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.