Início / Agricultura / Agricultores afectados pelo mau tempo no Algarve têm apoio de 5.000 € a fundo perdido

Agricultores afectados pelo mau tempo no Algarve têm apoio de 5.000 € a fundo perdido

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, está no Algarve a inteirar-se do estado em que o mau tempo deixou as explorações agrícolas. O levantamento dos prejuízos sofridos pelos agricultores está já a ser feito e o governante já garantiu apoios.

Segundo declarações de Luís Medeiros Vieira aos jornalistas, “todos os prejuízos declarados até 5.000 euros terão um apoio de 100% a fundo perdido, de 5.000 a 50 mil euros terão apoio a 85% a fundo perdido e acima dos 50 mil e até aos 400 mil terão um apoio de 50% a fundo perdido”.

Apoios cumulativos

E o governate explica que estes apoios são cumulativos, o que significa que, por exemplo, uma exploração que tenha prejuízos de 400 mil euros receberá nos primeiros 5.000 a 100%, até aos 50 mil a 85% e dos 50.000 para os 400 mil a 50% a fundo perdido.

“Trata-se de uma ajuda generosa que certamente não compensará na totalidade o prejuízo que o agricultor teve, mas trata-se mesmo assim de um apoio extremamente importante para permitir que o agricultor, uma vez que viu danificado o potencial da sua produção, possa recomeçar a sua produção”, realçou Luís Medeiros Vieira.

Portaria na próxima semana

O secretário de Estado da Agricultura e Alimentação espera ter, “já no fim da próxima semana ter preparada a portaria e respectivo despacho que dão enquadramento a estas medidas”.

!Estamos a falar de um tornado que ocorreu em Faro, Olhão, Castro Marim, Tavira, Vila Real de Santo António, até hoje já sinalizámos 15 explorações que foram danificadas pelo tornado” explicou Medeiros Vieira.

Aquele responsável acrescentou ainda que “até ao final da semana vamos continuar a fazer o levantamento e depois dos prejuízos identificados imediatamente iremos accionar os mecanismos de apoio”.

Os mecanismos de apoio que existem são semelhantes àqueles “em situações de natureza de catástrofe como o que aconteceu, por exemplo, no caso dos incêndios, a nível das explorações agrícolas. Aqui também iremos dar o mesmo tratamento”, disse o secretário de Estado.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Empack and Logistics & Automation Porto tem inscrições abertas para expositores

Partilhar            A Easyfairs anunciou hoje a Empack e Logistics & Automation Porto, a realizar nos dias …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.