Início / Agenda / Aflosor. Seminário do Projecto Platisor para apresentar resultados da gestão do montado de sobro com ataques de plátipo já tem inscrições abertas

Aflosor. Seminário do Projecto Platisor para apresentar resultados da gestão do montado de sobro com ataques de plátipo já tem inscrições abertas

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Aflosor — Associação de Produtores Florestais de Ponte de Sôr vai apresentar os resultados da pesquisa efectuada no seu projecto Platisor — Métodos para a gestão do montado de sobro com ataques de plátipo da região do Sôr, no próximo dia  8 de Outubro, a partir das 14 horas, no Teatro Cinema de Ponte Sôr. As inscrições são gratuitas e já estão abertas, aqui, anunciou hoje a Associação.

Os responsáveis pelo Grupo Operacional, liderado pela Aflosor, salientam a “grande importância económica, social e ecológica em Portugal dos Montados de Sobro”, assim como o “enfraquecimento e morte de milhares de sobreiros, devido aos factores bióticos associados e ao plátipo”.

Quando se corta um sobreiro e este tiver ataque de plátipo, é frequente ver-se larvas a sair das suas galerias

Por outro lado, frisam a “melhoria da gestão dos montados através da eficácia do conjunto armadilha/atractivo químico para a captura do insecto agricultor e do correcto tratamento dos cepos”.

É neste contexto que a Aflosor organiza no âmbito daquele Grupo Operacional, o Seminário “Platisor — Apresentação de Resultados”, onde serão demonstrados os melhores métodos para a gestão do montado de sobro com ataques de plátipo na região do Sor.

Montados de sobro

Os montados de sobro são ecossistemas muito complexos e de delicado equilíbrio com grande importância económica, social e ecológica em Portugal, ocupando actualmente cerca de 737 mil hectares da área florestal total.

Ao longo dos últimos anos temos assistido ao enfraquecimento e morte de milhares de sobreiros, devido aos muitos factores bióticos associados e também ao insecto agricultor – Plátipo (Platypus cylindrus F.).

“Os estudos desenvolvidos nos últimos quatro anos em montados no concelho de Ponte de Sôr, contribuíram para obter respostas essenciais com objectivos claros de melhorar a gestão, nomeadamente, através da aferição da eficácia do conjunto armadilha/atractivo químico para a captura do plátipo e do correcto tratamento dos cepos”, garantem os responsáveis pelo Grupo Operacional Platisor.

No Seminário de dia 8 de Outubro, ir-se-ão apresentar e debater os resultados práticos que são de interesse do público em geral e principalmente dos sectores que têm vindo a ser mais flagelados por esta progressiva mortalidade do montado de sobro, resumidos nos seguintes main topics:

• Medidas de gestão prevenção;
• Monitorização regular do estado sanitário das árvores;
• Instalação de armadilhas;
• Correcto tratamento dos cepos.

“No contexto actual, onde o montado de sobro tem uma representatividade económica que vai muito para além as explorações suberícolas, é-nos imperativo continuar a desenvolver investigações demonstrativas capazes de obter resultados palpáveis e aplicáveis na preservação destes biossistemas de elevada importância nacional e internacional”, acrescenta a Aflosor.

 

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

PSD pede à ministra da Agricultura que esclareça atribuição de terrenos agrícolas em Idanha-a-Nova

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata (PSD) quer saber o que se passou com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.