Início / Agricultura / AEP ajuda 19 produtores exportar mais de 100 mil garrafas de vinho para o Pão de Açúcar

AEP ajuda 19 produtores exportar mais de 100 mil garrafas de vinho para o Pão de Açúcar

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A cadeia brasileira de distribuição Pão de Açúcar acaba de importar mais de 100 mil garrafas de vinho português, de sete regiões vitivinícolas e 19 produtores, num negócio avaliado em cerca de 300 mil euros. A transacção resulta das acções de promoção da oferta vinícola nacional que a Associação Empresarial de Portugal (AEP) tem levado a cabo, nos últimos anos, junto de importadores, distribuidores, escanções e da restauração brasileiros.

A mais recente teve lugar em Fevereiro passado, no Porto, e permitiu a seis compradores profissionais e a um consultor especializado em vinhos portugueses do grupo Pão de Açúcar provar cerca de 300 vinhos de 42 produtores, de sete regiões. Tratou-se de uma das várias missões comerciais inversas que a AEP está a realizar este ano no âmbito do seu programa de internacionalização “Business on the way”.

Feitas as escolhas dos especialistas, a cadeia brasileira acolheu nas duas primeiras semanas de Junho, nas suas mais de 800 lojas, uma mostra denominada “Vinhos Premium de Portugal”. A organização desta acção de activação de compra de vinho português esteve a cargo da agência de publicidade Opal, parceira da AEP no projecto, e saldou-se por uma “excelente experiência de descoberta” da oferta vínica portuguesa para milhares de brasileiros, adianta o presidente associativo, Paulo Nunes de Almeida.

“No Brasil, o conhecimento dos vinhos portugueses é cada vez maior. É um processo em consolidação, mas requer que os nossos produtores e distribuidores, apesar da carga fiscal continuar elevada, continuem a trabalhar para colocar o vinho português nas prateleiras e alargar a sua presença na restauração. Depois, à mesa, a qualidade e a variedade fará a diferença”, incentiva o presidente da AEP, que continuará a “trabalhar com as empresas para promover e ampliar a oferta de vinhos portugueses” em terras de Santa Cruz.

Por seu lado, o publicitário português Alfredo Rente, presidente da Opal, adianta que a exportação destas mais de 100 mil garrafas constitui “um marco histórico” no relacionamento comercial luso-brasileiro e deixa a “porta aberta aos produtores portugueses” que apostem na internacionalização. A parceria existente entre a AEP e a Opal, acrescenta, constitui a “plataforma perfeita” para a promoção além-fronteiras dos vinhos portugueses.

Nova acção em Setembro

Este ano, e depois da missão de compradores realizada em Fevereiro, a AEP organiza em Setembro uma nova acção tendente ao fomento das exportações e ao incremento da penetração de produtos e marcas portugueses no Brasil. Desta feita, trata-se de uma missão empresarial, aberta a operadores de todos os sectores económicos, que entre os dias 25 e 30 passará pelo Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Trata-se de mais uma das cerca de quatro dezenas de acções previstas no programa associativo de internacionalização para 2016, co-financiado pelo Compete 2020 no âmbito do Portugal 2020 – Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, Eixo II – Projectos Conjuntos – Internacionalização.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Falhou a AgroGlobal ou algum dos seus eventos? Assista online a todos aqui

Partilhar              A AgroGlobal, a maior feira agrícola ibérica dedicada aos profissionais, realizou-se nos dias 7, 8 e 9 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.