Início / Featured / Adriana Oliveira é a primeira mulher mergulhadora da Marinha Portuguesa

Adriana Oliveira é a primeira mulher mergulhadora da Marinha Portuguesa

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Adriana Oliveira tornou-se hoje, 3 de Setembro, a primeira mulher, militar, a concluir o “exigente curso para a classe de Mergulhadores da Marinha”.

Adriana Aquino de Oliveira

“​​Após o ingresso na Marinha, os militares, que concluem agora o curso de especialização, fizeram a recruta e após a qual juraram Bandeira, a 3 de Julho de 2020. Seguiu-se a exigente fase do curso para especialização da sua classe. Mais de um ano depois, os 10 militares, onde se inclui a primeiro-grumete Adriana Oliveira, concluem com aproveitamento o curso que lhes garante o ingresso na classe de Mergulhador”, realça uma nota de imprensa da Marinha.

​A primeiro-grumete Adriana Aquino de Oliveira tem 24 anos de idade, é natural de Vila do Conde e é licenciada em Ciências do Mar, pela Universidade dos Açores.

Mergulhadores

Os Mergulhadores constituem a componente operacional da Marinha na área do mergulho militar e inactivação de engenhos explosivos, através do emprego de equipas altamente especializadas que operam num largo espectro de missões, tanto em tempo de paz, como em tempo de guerra.

Incumbe, ao Agrupamento de Mergulhadores, através do Departamento de Mergulho da Esquadrilha de Subsuperfície promover o aprontamento, o apoio logístico e administrativo das unidades de mergulhadores, assim como assegurar, através da Escola de Mergulhadores, o treino e formação dos militares.

As Unidades de Mergulhadores estão organizadas em três destacamentos, designados sequencialmente por nº1, nº2 e nº3, subdivididas por equipas de quantitativos variáveis em função da complexidade, dispersão geográfica ou a duração da missão o justifiquem.

Os Mergulhadores da Armada têm capacidade de mergulhar até 81 metros de profundidade.

Deve-se aos mergulhadores a aquisição da primeira Câmara Hiperbárica do País, tendo sido instalada na então Escola de Mergulhadores, sediada na Esquadrilha de Submarinos, desencadeando de forma pioneira, a Medicina de Mergulho e Hiperbárica, sob a tutela do Serviço de Saúde da Esquadrilha de Submarinos.

Os mergulhadores têm participado ao longo da sua existência em diversas missões de interesse público e noutras missões de relevo, quer nacionais, quer internacionais.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

PSD pede à ministra da Agricultura que esclareça atribuição de terrenos agrícolas em Idanha-a-Nova

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata (PSD) quer saber o que se passou com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.