Início / Featured / Adelino Canário assume presidência da Assembleia Geral do Laboratório Europeu de Recursos Biológicos Marinhos

Adelino Canário assume presidência da Assembleia Geral do Laboratório Europeu de Recursos Biológicos Marinhos

O professor universitário Adelino Canário, director do Centro de Ciências do Mar (CCMAR-Algarve) da Universidade do Algarve (UAlg) foi designado como presidente da Assembleia Geral do laboratório Europeu de Recursos Biológicos Marinhos. Uma posição que a presidência da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) da Região do Algarve saúda publicamente

O Laboratório Europeu de Recursos Biológicos Marinhos (EMBRC) é uma infra-estrutura de investigação europeia, sediada em Paris, que oferece à comunidade académica, investigadores e empresas acesso a recursos marinhos, serviços, equipamentos e instalações.

Para cumprir estes objectivos, reúne mais de 45 estações marinhas e centros de investigação de dez países: Bélgica, Espanha, França, Grécia, Itália, Israel, Noruega, Portugal, Reino Unido e Suécia, competindo à Assembleia Geral tomar as decisões relativas à estratégia, gestão e desenvolvimento científico.

Através do EMBRC, as instalações e instrumentos de ponta que integram estas estações marinhas e centros de investigação ficam acessíveis a toda a comunidade científica, funções consideradas por Adelino Canário “essenciais para a ciência, pois ao tornarem acessíveis instalações e equipamentos de ponta, estão a facilitar a realização de investigação de alto nível”.

Para além disso, “resultam de associações de vários países pelo que há um grande leque de oportunidades para investigadores portugueses poderem fazer investigação noutros países. São também um instrumento para as empresas desenvolverem ou aperfeiçoarem os seus produtos”, permitindo a partilha de boas práticas e a transferência de tecnologia para os mercados.

Segundo o novo presidente da Assembleia Geral, “Portugal tem tido um papel importante na criação e implementação do EMBRC. A eleição para presidir ao EMBRC é um reconhecimento desse papel e uma aposta no desenvolvimento contínuo daquela infra-estrutura em que o CCMAR-Algarve coordena o nó nacional com a participação do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR), Instituto do Mar (IMAR) e Algoteca de Coimbra (ACOI)”.

O EMBRC foi oficialmente lançado em 2018, ano em que Adelino Canário foi nomeado vice-presidente da Assembleia Geral. Actualmente, os vice-presidentes são Simon Berkowicz, de Israel, e Koen Lefever, da Bélgica.

Na Região do Algarve e com verbas geridas na Região no Quadro Financeiro Plurianual Algarve 2020 foi aprovado e executada uma nova infra-estrutura científica para o Laboratório nacional de referência, no Campus de Gambelas, Faro. Com uma despesa elegível de 8 milhões e 226 mil euros e uma comparticipação de 5 milhões e 100 mil euros de Fundos Europeus.

Natural de Faro, licenciado e doutorado em Biologia (Universidade de East Anglia, Reino Unido), Adelino Canário pertence aos corpos docentes da Universidade do Algarve desde 1983, onde é Professor Catedrático desde 1995. É igualmente Professor Catedrático Convidado da Shanghai Ocean University (China) há oito anos. Para além de uma atividade científica e docente , Adelino Canário foi um dos 95 investigadores de todo o mundo que assinaram um “Apelo Científico para Ações baseadas no Oceano para Combater a Crise Climática” lançado em 2 de novembro de 2021 na COP26, que decorreu em Glasgow (Escócia).

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Suinicultores preocupados e perplexos face ao ‘desaparecimento” da Secretaria de Estado da Agricultura

Partilhar              A direcção da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores expressa a sua “preocupação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.