Início / Agricultura / Adega de Favaios celebra 70 anos com lançamento de moscatel histórico

Adega de Favaios celebra 70 anos com lançamento de moscatel histórico

Setenta anos de vida, sete colheitas seleccionadas, a melhor de cada década. A edição única do novo Moscatel velho da Adega de Favaios reflecte o dinamismo desta cooperativa histórica do Douro.

O novo moscatel comemorativo dos 70 anos da Adega de Favaios não é apenas um vinho raro, de colecção e único. É também reflexo do espírito cooperativo que esta adega do Douro tem sabido reinventar e que se materializa, nesta data, com a oferta a cada sócio de uma garrafa deste vinho celebrativo.

“Escolhemos a melhor colheita de cada década de vida da adega, procurando criar um moscatel simbólico e representativo da cooperativa”, explica o enólogo principal, Miguel Ferreira, reconhecendo que o lote tem “vinhos com perfil bastante diverso e que motivam diferentes preferências”. O resultado final, no entanto, só pode ser de excelência, conclui: “este vinho de comemoração associa a jovialidade e frescura dos moscatéis mais jovens à delicadeza e harmonia dos mais envelhecidos. Nesse sentido, é um vinho que revela também o melhor da variedade Moscatel, proporcionando o prazer de um vinho envelhecido, mas sem perder o carácter da casta”.

Integram a edição limitada do Moscatel Adega de Favaios 70 anos colheitas já fora do mercado (1964, 1975), algumas ainda em comercialização (1980, 1999) e outras em reserva de património da adega (2007, 2011 e 2020). Edição limitada de duas mil garrafas e um PVP de 150 euros.

Líder nacional dos moscatéis

Reconhecida pelos seus moscatéis, a Adega de Favaios é o principal produtor deste tipo de vinho fortificado na Região Demarcada do Douro (80%) e líder no mercado nacional (52%).

Para esta boa prestação, diz a Adega de Favaios em nota de imprensa, contribuem os investimentos realizados nos últimos 20 anos na modernização do centro de vinificação, assim como a existência de uma equipa coesa e estável (actualmente, a cooperativa tem 45 funcionários) e a fidelização dos 481 associados, quase todos os produtores da freguesia de Favaios.

No final de 2021, a Adega de Favaios tinha em armazém 9,5 milhões de litros de moscatéis em envelhecimento. A maior parte deste património destina-se ao Moscatel Adega de Favaios e Favaíto, as duas marcas emblemáticas da cooperativa. Este moscatel não tem um número mínimo de anos de envelhecimento, mas a cooperativa optou por comercializá-lo apenas depois de três anos de estágio.

“Temos sempre dentro de portas o triplo do moscatel que vendemos anualmente. É um investimento no futuro e na qualidade. São estas reservas que nos permitem manter um perfil constante no nosso moscatel clássico. É um selo de segurança e de confiança. É este moscatel que ganha medalhas de ouro”, explica Mário Monteiro. A par, acrescenta, “fomos deixando ficar a envelhecer moscatéis seleccionados das melhores uvas e dos melhores anos.

Os moscatéis Reserva e 10 anos da Adega de Favaios são os mais vendidos dentro da gama de moscatéis com maior envelhecimento, mas a cooperativa comercializa também moscatéis de colheitas específicas, tendo actualmente no mercado edições de 2000, 1999, 1989 e 1980 (garrafa comemorativa Siza Vieira). A adega possui ainda moscatéis mais antigos que já não estão à venda (1964 e 1975).

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Associação Empresarial da Póvoa de Varzim celebra 131 anos de existência

Partilhar              A AEPVZ — Associação Empresarial da Póvoa de Varzim assinalou, este sábado, o seu 131º …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.