Início / Agricultura / Açores vai “analisar” proposta de reformas antecipadas dos Jovens Agricultores Micaelenses

Açores vai “analisar” proposta de reformas antecipadas dos Jovens Agricultores Micaelenses

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O secretário Regional da Agricultura e Florestas reuniu-se hoje, 21 de Novembro, com a direcção da Associação de Jovens Agricultores Micaelenses (AJAM), num encontro onde foi analisada a reestruturação do sector e a questão das reformas antecipadas.

João Ponte salientou ter tomado “boa nota” e garantiu que vai analisar a pretensão da AJAM no sentido de que as medidas existentes para a entrada de mais jovens no sector e relativas a reformas antecipadas tenham os períodos de candidatura sempre abertos.

O secretário Regional lembrou que “há sempre limites financeiros”, mas comprometeu-se a “avaliar essa matéria com todo o cuidado”.

No programa de reestruturação do sector leiteiro foram recepcionadas cerca de 60 candidaturas, sendo os pagamentos feitos em duas tranches, uma em 2016 e outra em 2017, a partir de 30 de Junho de cada ano.

Os contratos foram celebrados em Setembro, sendo o montante da primeira tranche de cerca de 600 mil euros.

Relativamente à questão das reformas antecipadas, o prazo para apresentação de candidaturas ao abrigo do actual quadro legal termina a 30 de Novembro.

Em análise nesta reunião com a AJAM esteve também a situação do leite e da carne.

“O diagnóstico que é feito pela AJAM coincide com o do Governo Regional”, afirmou João Ponte, acrescentando que “o importante agora é encontrar soluções e medidas”. “Isso passa por acrescentar valor, quer ao mercado do leite, quer ao mercado da carne”, frisou.

Medidas no sector do leite

Quanto à situação do leite, o secretário Regional reafirmou que o Governo dos Açores “vai implementar um conjunto de medidas, visando a consolidação do estatuto ‘Açores – Região de Excelência’, que se funda na sustentabilidade ambiental, económica e social do sector agrícola, florestal e agro-alimentar, no âmbito de uma Estratégia de Criação de Valor assente na qualificação e na diversificação, o que significa mais valor para o produto transformado e mais riqueza para o industrial e para o produtor”.

Para João Ponte, é necessário, ainda “aumentar a competitividade e o potencial exportador das fileiras estratégicas, designadamente do leite, através da contínua melhoria do estatuto sanitário dos bovinos dos Açores e de um Programa de Promoção para a Agroindústria Regional para reforçar a sua presença e dos seus produtos nos mercados de exportação tradicionais, mas também na procura de novos mercados”.

Campanhas de promoção

O Governo Regional, assim como a AJAM, pretende intensificar as campanhas de promoção do leite e da carne como produtos ‘Açores – Região de Excelência’.

Quanto à campanha de promoção do leite dos Açores, este ano já foram lançadas diversas acções de publicidade junto dos órgãos de comunicação social e na Internet.

“Daqui em diante”, adiantou João Ponte, “a intenção é acordar com os parceiros do sector, sobretudo no âmbito do Centro do Leite e Lacticínios dos Açores, estratégias conjuntas envolvendo a produção, a transformação e o Governo Regional”.

A fileira da carne nos Açores foi também objecto de análise nesta reunião com a AJAM.

O investimento já realizado e em curso na rede regional de abate, a par dos mecanismos de apoio ao abrigo do POSEI, impulsionaram este sector para novos níveis de competitividade, estimulando os abates na Região e a exportação de carcaças e de carne embalada.

Nesta politica de valorização da carne, a rede regional de abate tem uma importância fundamental.

“Estamos a fazer um investimento muito avultado em quatro matadouros. Dentro de um ano e meio ficaremos com uma rede de abate renovada e que seja capaz de dar resposta aos desafios do futuro e sobretudo pela exportação da carne para outros mercados”, frisou João Ponte.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Valorização da fileira do queijo da Região Centro: Escola de Queijeiros já arrancou

Partilhar            A Sessão Solene de Abertura da Escola de Queijeiros, uma iniciativa pioneira no País, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.