Início / Agricultura / Açores reparam caminhos agrícolas nos Arrifes danificados pelas chuvas de Dezembro

Açores reparam caminhos agrícolas nos Arrifes danificados pelas chuvas de Dezembro

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje, 13 de Janeiro ,que o Governo dos Açores está a reparar um conjunto de caminhos agrícolas afectados pelo mau tempo do final do ano passado na freguesia dos Arrifes, concelho de Ponta Delgada.

“O Governo dos Açores está a resolver várias situações, dando respostas concretas e positivas às necessidades diárias dos agricultores, que foram confrontados com estragos causados nos caminhos que servem o sector nesta freguesia do concelho de Ponta Delgada devido às chuvadas intensas de Dezembro”, referiu João Ponte, à margem de uma reunião com o Presidente da Junta de Freguesia dos Arrifes, Eusébio Massa, e da visita a vários caminhos agrícolas e florestais.

Obras

O titular da pasta da Agricultura, que estava acompanhado pela Directora Regional dos Recursos Florestais, Anabela Isidoro, pelo Director Regional da Agricultura, José Élio Ventura, e pelo presidente do Conselho de administração da IROA – Instituto Regional de Ordenamento Agrário, Ricardo Silva, destacou um conjunto de obras que são criadas em situações de forte pluviosidade.

“Importa reiterar que a manutenção de caminhos que servem o sector agrícola não é uma tarefa da IROA e da Direcção Regional dos Recursos Florestais, no entanto estas entidades nunca deixaram, nem nunca deixarão de ajudar os agricultores, sempre que tal for necessário”, salientou João Ponte.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Empresa polaca de casas de madeira pré-fabricadas procura fornecedores de matéria-prima

Partilhar            Uma empresa polaca, especialista no fabrico e distribuição de casas de madeira pré-fabricadas, está à …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.