Início / Agenda / Açores realiza sessão de esclarecimento sobre sanidade apícola na Ilha de São Jorge

Açores realiza sessão de esclarecimento sobre sanidade apícola na Ilha de São Jorge

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, através da Direcção Regional da Agricultura dos Açores, realiza a 26 de Julho, na Ilha de São Jorge, uma sessão pública de esclarecimento sobre sanidade apícola, um elemento fundamental para o desenvolvimento deste sector nos Açores.

Com este encontro, que vai decorrer no Serviço de Desenvolvimento Agrário, na Urzelina, pelas 20 horas, o Executivo açoriano pretende formar e informar, de modo a evitar práticas que possam colocar em risco a saúde das abelhas.

Livre de Varroose e Vespa Asiática

A Ilha de São Jorge, à semelhança de outras no arquipélago, tem “uma sanidade apícola de excelência, como comprova o facto de não existir nesta ilha a Varroose, doença que é considerada a principal ameaça às abelhas melíferas”, explica fonte do Governo Regional.

Também não são conhecidas outras doenças e pragas causadoras de enormes prejuízos à actividade apícola, como é o caso da “Loque Americana” ou da “Vespa Asiática”.

Plano de acção em curso

A Região Autónoma dos Açores está a ultimar um plano de acção, tendo em vista o desenvolvimento sustentável da apicultura no arquipélago.

Este documento orientador e definidor de medidas de médio e longo prazo, a cargo de um grupo de trabalho constituído para o efeito, tem como grandes objectivos estratégicos o fortalecimento das organizações de apicultores, a melhoria das condições de produção e comercialização do mel, bem como dos produtos apícolas, para se estimular o rendimento dos pequenos e médios apicultores.

O Governo Regional pretende, ainda, reforçar a visibilidade do Mel dos Açores, classificado como Denominação de Origem Protegida (DOP) desde Junho de 1996.

Abelhas na manutenção da biodiversidade

A apicultura desempenha um papel muito importante para o sector agrícola, seja pelo contributo das abelhas enquanto polinizadoras naturais, o que contribui para aumentar a rentabilidade das explorações, mas também na polinização de outras plantas, preservando-as e, consequentemente, dando um contributo para o equilíbrio do ecossistema e a manutenção da biodiversidade.

Actualmente existem nos Açores 364 apicultores, cerca de 6.000 colónias, na sua maioria colmeias, em 710 apiários.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

UE actualiza medidas especiais de controlo da peste suína africana após novos focos na Alemanha, Eslováquia e Polónia

Partilhar              A peste suína africana continua a alastrar pela Europa. Registaram-se novos focos de peste suína …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.