Início / Agricultura / Açores promove investimento público para reforçar sector agrícola de Santa Maria

Açores promove investimento público para reforçar sector agrícola de Santa Maria

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O secretário Regional da Agricultura e Florestas dos Açores destacou, em Vila do Porto, a importância das organizações de produtores marienses no incentivo e organização da produção, no apoio técnico ao sector e no esforço de colocação das produções locais nos mercados.

João Ponte falava sábado, 28 de Janeiro, à margem das comemorações do 31º aniversário da ARCOA – Associação de Criadores de Ovinos e Caprinos da Ilha de Santa Maria, com quem o Executivo regional tem uma parceria no âmbito da política de diversificação da produção agrícola, da inovação e da criação de emprego, que se tem traduzido na prestação de formação e na disponibilização de terrenos para produção de ovinos e caprinos nesta ilha.

“Este ano, esperamos a vinda de uma centena de ovelhas reprodutoras de França para desenvolver uma experiência, quer em termos de se ambientar esta criação de ovinos à ilha, quer em termos de criar condições para a produção de queijos de ovelha ou de mistura que poderão ser fabricados e comercializados”, adiantou João Ponte, frisando que “Santa Maria tem condições para isso”.

“Este projecto de importação de ovinos tem esse objectivo, acarinhado pela ARCOA e pelos produtores da ilha. Ao Governo Regional cabe criar instrumentos para incentivar e dinamizar todo o projecto e potenciar o desenvolvimento económico da ilha. É isso que estamos a fazer. Acredito que será uma via de diversificação agrícola e também de inovação para a agricultura mariense, criando um produto diferente para o qual acredito que irá haver mercado”, afirmou.

Na visita que realizou a esta ilha, o Secretário Regional reuniu-se também com a Associação Agrícola de Santa Maria e com representantes de agricultores marienses.

João Ponte assegurou que “o Governo dos Açores tudo fará para garantir o reforço da medida do PRORURAL+ de forma a assegurar a continuidade dos compromissos com os agricultores na manutenção da extensificação pecuária, que terminaram no final de 2016”.

“No caso particular da ilha de Santa Maria, o fim deste compromisso poderia por em causa a rentabilidade e sustentabilidade de mais de duas dezenas de explorações agrícolas”, salientou o secretário Regional.

Reforço da meloa

João Ponte registou ainda com satisfação o esforço da Agromariensecoop em apostar no aumento da área de produção de meloa de Santa Maria, um produto com classificação IGP desde 2015, cuja qualidade faz com que a procura no mercado tenha sido sempre superior à oferta, o que garante o seu escoamento.

“Daí que o caminho deve ser no sentido do aumento da área de produção, por forma a aumentar o rendimento dos agricultores e contribuir, assim, para a redução de importações, que é um dos objectivos da aposta do Governo Regional na diversificação agrícola”, frisou.

O titular da pasta da Agricultura visitou as obras de beneficiação do caminho rural Santana – Anjos, um investimento de 350 mil euros que abrange 128 hectares e beneficiará 15 explorações agrícolas, cujas obras estarão concluídas em Junho.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Apormor repudia intenção do Governo de criar uma Direcção-Geral dependente do Ambiente para a sanidade e bem-estar animal

Partilhar            A Apormor — Associação de Produtores do Mundo Rural da Região de Montemor-o-Novo associa-se a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.