Início / Agricultura / Açores lançam vídeos a apelar à valorização do que é genuinamente açoriano na agricultura

Açores lançam vídeos a apelar à valorização do que é genuinamente açoriano na agricultura

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O secretário Regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, anunciou que tem início quarta-feira, 1 de Janeiro, na RTP/Açores e nas redes sociais, a exibição de um conjunto de sete vídeos informativos e de sensibilização, direccionados para os agricultores e para os consumidores em geral, com o objectivo de valorizar e apelar ao consumo das produções agrícolas açorianas.

“O primeiro vídeo a ser exibido pretende apelar ao consumo de produtos lácteos açorianos e seus derivados, contribuindo assim para combater campanhas de desincentivo ao consumo de leite, queijo e outros produtos lácteos”, adiantou João Ponte, frisando que os Açores produzem lacticínios de excelente qualidade, que fazem bem à saúde e que contribuem de forma expressiva para a economia local e para a promoção do turismo e da gastronomia local.

Uso racional da água nas explorações agrícolas

Além dos lacticínios, o governante salientou que haverá um vídeo que pretende despertar a consciência dos agricultores para o uso racional da água nas explorações agrícolas, contribuindo para uma agricultura cada vez mais sustentável nos Açores, tanto mais que os recursos hídricos são limitados.

A agricultura biológica é outra das temáticas em destaque, tendo João Ponte referido que este modo de produção tem vindo a registar uma grande dinâmica em várias ilhas e o Governo dos Açores já tomou medidas para incentivar esta prática agrícola mais sustentável, nomeadamente através da implementação do Plano Estratégico para a Agricultura Biológica e de um conjunto de majorações ao nível do POSEI.

Vinhos

Numa região onde se produzem mais de quatro dezenas de vinhos certificados, de qualidade reconhecida a nível nacional e internacional, e que tem a Paisagem da Vinha do Pico classificada como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, o sector vitivinícola está contemplado com um vídeo específico, onde é feito o apelo ao consumo daquilo que é “autêntico e genuinamente” açoriano, produzido a partir de castas tradicionais como o ‘Verdelho’, o ‘Arinto dos Açores’ e o ‘Terrantez do Pico’.

O secretário Regional destacou ainda um vídeo sobre a criptoméria, uma espécie emblemática da floresta dos Açores que produz madeira com grande potencial de exportação, com excelente durabilidade, leve, fácil de trabalhar e com cada vez mais aplicações, que vão desde a construção civil, a peças de mobiliário, pranchas de surf ou diversos tipos de embalagens.

“Para além da sua importância económica, a floresta é fundamental no combate às alterações climáticas, com enorme importância do ponto de vista ecológico e ambiental, na prevenção da erosão dos solos e na preservação dos recursos hídricos”, disse João Ponte.

Chá dos Açores

Será ainda exibido um vídeo relativo ao Chá dos Açores e aos seus benefícios para a saúde, sendo que a plantação na ilha de São Miguel remonta ao fim do século XVIII, início do século XIX, e, além da vertente económica, desperta também interesse agrícola, paisagístico e turístico.

O último desta série de vídeos é dedicado ao ananás, uma cultura centenária, potenciadora da economia regional e geradora de riqueza, sendo que o consumo do ‘fruto rei’ certificado como Denominação de Origem Protegida (DOP) contribui para manter uma produção tradicional e única no mundo, com claros benefícios para a saúde.

João Ponte referiu que se trata de um conjunto de vídeos formativos, informativos e de fácil compreensão, que relacionam muito a natureza e a qualidade de vida e apelam ao contributo que cada um pode dar para preservar “a identidade açoriana”. Pode acompanhar todos os vídeos aqui.

“Ao valorizarmos e consumirmos aquilo que produzimos, estamos a contribuir para o desenvolvimento da nossa agricultura, para a diminuição das importações alimentares, para a criação de riqueza e para o fomento de uma cultura de orgulho naquilo que é genuinamente nosso”, frisou o Secretário Regional.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Apormor repudia intenção do Governo de criar uma Direcção-Geral dependente do Ambiente para a sanidade e bem-estar animal

Partilhar            A Apormor — Associação de Produtores do Mundo Rural da Região de Montemor-o-Novo associa-se a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.