Início / Agricultura / Açores lança concurso para venda de madeira certificada e reflorestação de 345 ha

Açores lança concurso para venda de madeira certificada e reflorestação de 345 ha

A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, através da Direcção Regional dos Recursos Florestais, lançou um concurso público para a venda de madeira de criptoméria certificada com o eco-rótulo do FSC e a reflorestação de 345 hectares no perímetro florestal da Ilha de São Miguel.

O concurso, hoje publicado, 6 de Março. em Jornal Oficial, inclui a venda de oito lotes de madeira certificada pelo sistema internacional “Forest Stewardship Council” (FSC), no valor global de 479 mil euros.

Onde

As áreas de corte e reflorestação estão localizadas nos concelhos do Nordeste e Povoação, estando a sua gestão cometida à Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, através da Direcção Regional dos Recursos Florestais.

Está estipulado um prazo de cinco anos para a realização do corte e reflorestação da área a concurso.

O Governo dos Açores iniciou em 2014 a gestão activa das áreas florestais que tem sob sua responsabilidade, através da selecção de áreas para corte e da definição de um conjunto de operações e normativos a atender na sua exploração.

Plano de Gestão Florestal

Estas opções, que se consubstanciam num Plano de Gestão Florestal e que levam ao reordenamento florestal das áreas exploradas, visam também o rejuvenescimento da floresta pública açoriana, com respeito pelos valores naturais que lhe estão associados e tendo o cuidado de minimizar os impactos muitas vezes associados a este tipo de acções.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 more

Verifique também

Produtores de leite da Póvoa de Varzim em risco de falência pedem para serem pagos ao preço mínimo de 38 cêntimos/litro

Partilhar             more  Caso não exista um aumento do preço do leite a breve prazo, toda a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.